sábado, 2 de março de 2013

Fragmentos da realidade estilo mundo cão, tem gente que desanda por falta de opção. E toda fé que eu tenho to ligado que ainda é pouco Os bandidos de verdade tão em ANAPOLIS tudo solto...

EU QUERO JUSTICA!

Carta escrita a imigracao americana sobre o meu processo de asilo politico.
Quer gostem ou nao, essa e minha verdade.

Confio em Deus!


Meu nome e Sula Leticia de Souza Costa, nasci em Anapolis - Goias, Brasil, rg 4081354, CPF: 894.15230100, residente na Rua Floriano Peixoto numero 1462, centro, filha de Sebastiao Richelieu da Costa, advogado , e Terezinha Maria de Souza, pedagoga.
 O motivo da meu pedido de asilo politico neste pais decorre dos seguintes fatos ocorridos na minha vida nesses ultimos 10 anos.
Sou separada judicialmente no Brasil, tenho tres filhos, Joao Elias Costa , 13 anos, Marcio J. B. Filho, 11 anos e Ana Vitoria Costa , 8 anos.
Cheguei nos EUA no dia 23 de agosto de 2012 , em Miami, para fazer um entrevista para o programa Gilberto Amaral, na tv band, Brasilia, no evento Brasilia Film Festival, terminando a entrevista , resolvi vir a New York pois teria mais duas oportunidades de entrevistas no dia 02 e 10 de outubro.
Antes de vir em viagem para os EUA, tinha entrado com um processo no Brasil requerendo pensao alimenticia dos meus filhos , que, ha 10 anos  estao sob minha custodia, porem, vivemos na casa de meu pai.
Desde a minha separacao venho tentado entrar com processos requerendo somente a obrigacao do meu ex- conjuge , que era um "mero" politico no Brasil.
Todas minhas tentativas frustadas , pois, no Brasil existe uma mafia no poder judiciario. O fato do pai dos meus filhos ter vida publica e os irmaos tambem serem advogados, me interrompe de requerer qualquer direito.
Todas vezes que venho este pais, a trabalho, como reporter, ou como assessora da Organizacao intergovernamental de Energia Renovavel, ou como diretora de marketing da Federacao Goiana de Tenis, sofro afrontas e perseguicoes vindo da parte da familia do pai dos meus filhos.
O casamento durou quase dez anos, por causa dos filhos me submeti a tentar uma convvencia saudavel familiar, porem fui impossibiltada, pois, o pai usuario de drogas ilcitas, atos ilicitos, homosexualismo, me expos a uma sociedade ao ridiculo. Fui agredida inumeras vezes fisicamente e verbalmente, tendo que tomar decisoes em defesa da minha propria vida a denuncia-lo.
Tenho  toda documentacao, provas, mandato de seguranca de algumas autoridades no Brasil junto a advogada responsavel pelo meu caso aqui nos EUA.
Sofri varias ameacas durante todo esse tempo devido o fato do pai dos meus filhos ser pessoa publica no Brasil, fui ameacada varias vezes pela mae dele, pelo fato dos atos ilicitos dele, atos de violencia , decorridos ao uso de drogas e pratica de homosexualismo, sendo que isso tem gerado um desgaste muito grande na criacao dos meus filhos. A familia alem de ser advogados sao musicos, volta e meia ensaiam musicas em um estudio em casa ,e, tem usado drogas durante esses ensaios na presenca das criancas, isso tem me causado muita preocupacao tambem. Nao posso entrar com um processo no Brasil porque todas as vezes que faco alguma contestacao, sou ameacada. Uma corrupcao terrivel, a ultima vez, compraram um juiz para arquivar o processo.
O ultimo fato foi agora em novembro de 2012 quando um dos irmaos do pai de meus filhos entrou como candidato a conselheiro a Organizacao dos Advogados do Brasil, e tive que denuncia-lo, pois na epoca do meu divorcio falsificaram inumeras escrituras e repassaram muitas escrituras em nome de laranjas por causa da politica. Desde entao venho sofrido ameacas indiretamente, mas  a minha familia teme que eu regresse, pois a familia e extremamente perigosa, possuem um historico de homicidio no passado,e, estou realmente desesperada, porque nao posso ficar tanto tempo longe dos meus filhos. Tenho todo o processo e provas junto a advogada que esta analisando o caso, e peco misercordia porque preciso dos meus filhos comigo e temo em voltar ao Brasil.
A unica coisa que posso garantir e que estou falando a verdade e pedindo um suporte pela minha vida.

Diante de tudo o que e mais sagrado nesta vida, eu estou falando a verdade e Deus sabe que estou!



__________________________________________________________________________

"Os homens podem falar mas os anjos podem voar
Quem é de verdade sabe quem é de mentira.
Não menospreze o dever que a consciência te impõe, não deixe pra depois, valorize a vida".

"Hoje os chorões somos nós, e o céu azul é todo dele" #LutoChorão
Vai com Deus poeta brasileiro!


____________________________________________________________


The White HouseFriday, March 8, 2013
Watch this: Reauthorizing the Violence Against Women Act
Yesterday, President Obama signed a bill that both strengthened and reauthorized the Violence Against Women Act.
The new law will provide resources for thousands of victims of domestic violence, sexual assault, and stalking -- and better equip law enforcement officials to stop violence before it starts. After a great deal of effort and backing from folks like you, it passed with bipartisan support in both the House of Representatives and the Senate.
It builds on a law that Vice President Biden first wrote 18 years ago -- which has helped to decrease the rates of domestic violence across the country. It includes provisions aimed at reducing dating violence among teams and strengthening protections for lesbian gay, bisexual, and transgender victims. It also seeks to bring justice to Native American communities -- where rates of domestic violence are among the highest in the country.
Watch President Obama and Vice President Biden speak on the reauthorization of the Violence Against Women Act
PS -- Today at 3:45 p.m. ET, Senior Advisor Valerie Jarrett will take your questions on Twitter about the Violence Against Women Act.