quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Vamos celebrar nossa justiça A ganância e a difamação Vamos celebrar os preconceitos O voto dos analfabetos Comemorar a água podre E todos os impostos Queimadas, mentiras E seqüestros...

CONSELHOS ÀS MAL-CASADAS - FERNANDO PESSOA.

      (As mal-casadas são todas as mulheres casadas, e algumas solteiras.)
      Livrai-vos sobretudo de cultivar os sentimentos humanitários. O humanitarismo é uma grosseria. Escrevo a frio, raciocinadamente, pensando em vosso bem-estar, pobres mal-casadas.
      A arte toda, toda a libertação, está em submeter o espírito o menos possível, deixando ao corpo, que se submeta à vontade.
      Ser imoral não vale a pena, porque diminui, aos olhos dos outros, a vossa personalidade, ou a banaliza. Ser imoral dentro de si, cercada do máximo respeito alheio. Ser esposa e mãe corporeamente virginal e dedicada, e ter porém contraído doenças inexplicáveis com todos os homens da vizinhança, desde os merceeiros até aos □ — eis o que maior sabor tem a quem realmente quer gozar e alargar a sua individualidade, sem descer ao método da criada de servir, que, por ser também delas, é baixo, nem cair na honestidade rigorosa da mulher profundamente estúpida, que é decerto filha do interesse.
      Segundo a vossa superioridade, almas femininas que me ledes, sabereis compreender o que escrevo. Todo o prazer é do cérebro; todos os crimes, já se disse, «é nos nossos sonhos que se cometem». Lembro-me de um crime belo, real. Não o houve nunca. São belos os que nós não nos lembramos. Bórgia cometeu belos crimes? Acreditai-me que não cometeu. Quem os cometeu belíssimos, purpúreos, faustuosos, foi o nosso sonho de Bórgia, foi a ideia de Bórgia que há em nós. Tenho a certeza que o César Bórgia que existiu era um banal e um estúpido; tinha o ser porque existir é sempre estúpido e banal.
      Dou-vos estes conselhos desinteressadamente, aplicando o meu método a um caso que me não interessa. Pessoalmente, os meus sonhos são de Império e glória; não são sensuais de modo algum. Mas quero ser-vos útil, ainda que mais não seja, só para me arreliar, porque detesto o útil. Sou altruísta a meu modo. 

      Proponho-me ensinar-lhes como trair o seu marido em imaginação.
      Acreditem-me: só as criaturas ordinárias traem o marido realmente. O pudor é uma condição sine qua non de prazer sexual. O entregar-se a mais de um homem mata o pudor.
      Concedo que a inferioridade feminina precisa de macho. Acho que, ao menos, se deve limitar a um macho só, fazendo dele, se disso precisar, centro de um círculo, de raio crescente, de machos imaginados.
      A melhor ocasião para fazer isso é nos dias que antecedem os da menstruação.
      Assim:
      Imaginam o seu marido mais branco de corpo. Se imaginam bem, senti-lo-ão mais branco sobre si.
      Retenham todo o gesto de sensualidade excessiva. Beijem o marido que lhes estiver em cima do corpo, e mudem com a imaginação o homem para olhar o belo que lhes estiver em cima da alma.
      A essência do prazer é o desdobramento. Abram a porta da janela ao Felino em vós.
      Como tracasser o marido.
      Importa que o marido às vezes se zangue.
      O essencial é começar a sentir a atracção pelas coisas que repugnam, não perdendo a disciplina exterior.
A maior indisciplina interior junta à máxima disciplina exterior compõe a perfeita sensualidade. Cada gesto que realiza um sonho ou um desejo, irrealiza-o realmente.
      A substituição não é tão difícil como julgam. Chamo substituição à prática que consiste em imaginar-se a gozar com um homem A quando se está copulando com um homem B. 

      Minhas queridas discípulas, desejo-lhes, com um fiel cumprimento dos meus conselhos, inúmeras e desdobradas volúpias não com o, mas através do, animal macho a que a Igreja ou o Estado as tiver atado pelo voto e pelo apelido.
      É fincando os pés no solo que a ave desprende o voo. Que esta imagem, minhas filhas, vos seja a perpétua lembrança do único mandamento espiritual.
      Ser uma cocote, cheia de todos os modos de vícios, sem trair o marido, nem sequer com um olhar — a volúpia disto, se souberdes consegui-lo.
      Ser cocote para dentro, trair o marido para dentro, está-lo traindo nos abraços que lhe dais, não ser para ele o sentido do beijo que lhe dais — oh mulheres superiores, ó minhas misteriosas Cerebrais — a volúpia é isso.
      Por que não aconselho eu isto aos homens também? Porque o homem é outra espécie de ente. Se é inferior, recomendo-lhe que use de quantas mulheres puder: faça isso e sirva-se do meu desprezo quando □. E o homem superior não tem necessidade de mulher nenhuma. Não precisa de base sexual para a sua volúpia. Ora a mulher, mesmo superior, não aceita isto: a mulher é essencialmente sexual.

The White House, Washington


For the past few days, the White House has been humming as President Obama puts the final touches on his State of the Union Address. And at 9:00 p.m. ET, the President will deliver that speech to Congress -- and most importantly, to you.
Tonight you're going to hear a clear plan for how Americans can work together to create jobs and grow the economy from the middle out -- with some ideas that are sure to get people talking.
Here's how you can join the conversation:
--If you watch the State of the Union with us, we'll make sure you get the enhanced version. We'll provide you with context -- some of the same data the President sees before he makes his decisions. We'll show you the charts, facts, figures, and graphics you need to get the most out of the speech. The enhanced version will only be available at WhiteHouse.gov/SOTU so be sure to tune tonight at 9:00.
--When the President wraps up, we'll give you a chance to hear from a team of policy experts who will discuss the President's remarks and answer your questions. Just head to the same place for that: WhiteHouse.gov/SOTU.
--Finally, WhiteHouse.gov is releasing something that's got us all really excited: Citizen Response. It's a new tool you can use to dig in to the President's speech -- line by line -- and tell us what resonates with you, what makes sense for your community. I'll be one of the folks reading what you tell us -- and we'll share that feedback with senior staff throughout the building and the President, himself.
Tonight, the best place to be part of the State of the Union is WhiteHouse.gov.So watch the speech with us and then let us know what you think:


Pode preparar o confete porque o carnaval está chegando!
Globeleza
Na Globo, você entra em clima de folia e acompanha de pertinho a transmissão dos desfiles das escolas de samba do Rio e de São Paulo.  Nossos repórteres também estarão nas ruas mostrando as fantasias, as marchinhas e toda a alegria dos blocos e as festas em Recife e Salvador. Não falta fôlego para pular? Então, tem mais!
Você ainda pode montar uma Globeleza personalizada e mirar uma musa!
Carnaval é Globeleza