quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Todos temos por onde sermos desprezíveis. Cada um de nós traz consigo um crime feito ou o crime que a alma lhe pede para fazer.


The White House, Washington
Good afternoon,
After nearly nine years, our war in Iraq is ending.

In recent days, many of our troops have come home and been reunited with their families for the holidays. Over the next few days, a small group of American soldiers will begin the final march out of Iraq.
This moment of success is because of their sacrifice. More than 1.5 million Americans have served in Iraq. More than 30,000 of these brave men and women were wounded. Nearly 4,500 gave their lives. America’s military families have borne a heavy burden.

As we mark the end of this war, we need to show our veterans and their families that they have the thanks of a grateful nation.

Take a minute to look back at the moments that brought us to this point, then share a personal message of gratitude with those who have served.
Send your message of thanks
Part of ending a war responsibly is standing by those who have fought it. It's not enough to honor our heroes with words; we must do so with deeds.

That's why we've worked to send 600,000 veterans and family members back to school on the Post-9/11 GI Bill. That's why one of Michelle's top priorities as First Lady has been to support military families and why she's worked with the private sector to get commitments to create 100,000 jobs for those who've served and their spouses. That's why we worked with Congress to pass a tax credit so that companies have an incentive to hire vets and have taken steps to help veterans translate military experience to the private sector job market.

In America, our commitment to those who fight for our freedom and our ideals doesn't end when our troops take off the uniform.

You can be a part of this effort to honor our heroes.

Help mark this moment. Write a quick note that troops and veterans all over the world will be able to see: 
Thank you,

President Barack Obama

Se não estiver visualizando este e-mail,
clique aqui.

No dia seis de dezembro, a Petrobras encerrou a realização das Caravanas Esportivas presenciais para divulgar a Seleção Pública 2011 do Programa Petrobras Esporte & Cidadania. Livres e gratuitas, as Caravanas Esportivas presenciais buscaram promover a igualdade de acesso aos interessados. Foram promovidas oficinas que, durante três meses, capacitaram cerca de três mil pessoas de 1.500 instituições, em 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal, totalizando 29 cidades visitadas.
O objetivo das caravanas é orientar as instituições para a elaboração de projetos que promovam a inclusão social por meio de atividades esportivas para crianças e adolescentes.
Confira no site as informações que as Caravanas levaram a cada Estado. Tire suas dúvidas sobre o regulamento e elaboração de roteiros.
Lembre-se: as inscrições encerram no dia 1º de março de 2012.

Quero que todos os dias do ano


todos os dias da vida


de meia em meia hora


de 5 em 5 minutos


me digas: Eu te amo.






Ouvindo-te dizer: Eu te amo,


creio, no momento, que sou amado.


No momento anterior


e no seguinte,


como sabê-lo?






Quero que me repitas até a exaustão


que me amas que me amas que me amas.


Do contrário evapora-se a amação


pois ao dizer: Eu te amo,


desmentes


apagas


teu amor por mim.






Exijo de ti o perene comunicado.


Não exijo senão isto,


isto sempre, isto cada vez mais.






Quero ser amado por e em tua palavra


nem sei de outra maneira a não ser esta


de reconhecer o dom amoroso,






a perfeita maneira de saber-se amado:


amor na raiz da palavra


e na sua emissão


amor


saltando da língua nacional,


amor


feito som


vibração espacial.






No momento em que não me dizes:


Eu te amo,


inexoravelmente sei


que deixaste de amar-me,


que nunca me amaste antes.






Se não me disseres urgente repetido


Eu te amoamoamoamoamoamo,


verdade fulminante que acabas de desentranhar,


eu me precipito no caos,


essa coleção de objetos de não-amor.
Carlos Drummond de Andrade