quarta-feira, 21 de setembro de 2011

"Eu desejo que as pessoas que eu amo nunca precisem recorrer a justiça aqui nesse país, aqui em Anápolis Lalau têm companheiros, é um tal de "negocia com juiz", "pede ao juiz", vamos recorrer no plantão do juiz amigo...Ah! Justiça divina! Ah! Essa aí não falha não!



wilsylvince.com     
NBC SHORT CUTS FESTIVAL              
                                            SEPTEMBER 2011  


NBC SHORT CUTS FESTIVAL IS HERE!


Short Cuts Sept 20, 2011 
NEW YORK CITY - SEPT. 20th - 21st
Come join us for the 6th Annual NBC Short Cuts Festival! 
          



NBCU Short Cuts Festival Panel Discussion
"How to Pitch, Market & Fund your Project"
   
    Tuesday Sept. 20, 7:30pm
92Y Tribeca (Mainstage)
200 Hudson Street
New York, NY 10013
 

_____________________________

NBC Short Cuts Semi-Finals Screening
Hosted by JB Smoove ("Curb Your Enthusiam")

Wednesday Sept. 21, 7:30pm
School of Visual Arts Theatre
333 W. 23rd Street
New York, NY 10011 

Find us on Facebook                                              Follow us on Twitter           lon




TENNIS CONGRESS ( FFT / STMS.NL SOCIETY FOR TENNIS MEDICINE AND SCIENCE) [ View Message Online ] 
[ Unsubscribe 

November 10-12 2011
    
CONGRESS ANNOUNCEMENT
The 12th World Congress of the Society for Tennis Medicine and Science

« You recently received our announcement of the forthcoming Congress,
we would be extremely grateful if you could share this announcement with anyone else who may be interested"
The 12th World Congress of the Society for Tennis Medicine and Science will be organized for the first time by the FFT (Fédération Française de Tennis) and will be held in Paris on November 10-12-2011 during the Paris-Bercy Tennis Open.
The high level scientific program provided by the Organizing Committee, during interactive sessions, will cover both tennis-related pathology and the health benefits of regular physical activity through out life. Practical workshops will also be available to discover new techniques and novative equipment.
Online registration (Paypal).
Congress Secretariat : Covos Baxon214-234 Allée du FORUM - 92100 BOULOGNE
Tel: 00 33 (0)1 55 20 23 83. Fax: 00 33 (0)1 55 20 23 93
Information, Housing and Registration
Catherine Melin
 Tel: 00 33 (0)1 55 20 23 71
info@tennis-medicine-congress-2011.com
Organization, Sponsoring and Partnership
Dr Patrick Espinosa Tel: 00 33 (0)1 55 20 23 83
scientificprogram@tennis-medicine-congress-2011.com
Congress Venue :
Stade Roland GARROS, 2 Avenue Gordon-Bennett, 75016 Paris, France

Online registration:
http://atmst.net/utr.php?e=axkQGEgaJQHFQiggDEgB&url=bbfcb976e7346d5f189a485863e3a316*STMS2*http%3A%2F%2Fwww.tennis-medicine-congress-2011.com


Roland GARROS

MAIN TOPICS
SESSION 1 Shoulder
SESSION 2 Knee, ankle, foot
SESSION 3 Spine
SESSION 4 Hip
SESSION 5 Elbow
SESSION 6 The women
SESSION 7 Sports medicine and physiology
SESSION 8 Cardiovascular
SESSION 9 Muscle and tendon
SESSION 10 Children .




Queda dos juros e, em alguns casos, do juízo







02/09/2011 Por José Serra



Achei a decisão do Banco Central de diminuir os juros em 0,5 ponto percentual correta. Os juros futuros estavam caindo, a pressão das commodities sobre a inflação, diminuindo em razão da crise internacional, e a economia desacelerando. Não vejo nenhum problema especial quanto à da taxa de credibilidade do Banco Central. Quer dizer que um BC só ganha credibilidade, ou a mantém, quando promove o aumento dos juros?



Em relação à inflação, vale a pena lembrar que o efeito do aumento dos juros se dá menos por eventual aperto da demanda, que é pequeno, do que pela sobrevalorização do real, pois os juros em elevação estimulam ainda mais o afluxo de dólares que inunda nossa economia. A chave da estratégia brasileira de controle da inflação nos últimos anos tem sido a valorização do câmbio, não a contenção da demanda.



Não se deve também ignorar o impacto dos juros no gasto público: neste ano, se a taxa permanecer em 12%, o gasto com pagamento de juros será de R$ 226 bilhões, contra R$ 195 bilhões no ano passado. Nesse item, como proporção do PIB, gastamos mais do que o Japão, cuja dívida é quatro ou cinco vezes maior do que a brasileira.



Não vejo maior problema no fato do ministro da Fazenda e da presidente da República conversarem com o BC e expressarem seu pensamento. Isso acontece em todos os países do mundo. Alguém acha que nos Estados Unidos ou no Chile é muito diferente? Por um acaso um presidente ou ministro são cassados quando se trata de expressar a sua opinião sobre juros? Isso é uma tolice. Expressar uma posição não significa impor uma decisão tecnicamente injustificável.



A decisão de baixar os juros teve sentido técnico. Outra coisa, diferente, é acharem que não faz sentido em razão de expectativas (de que os juros não se alterariam) que foram contrariadas. Será que o BC deveria tomar uma decisão contra as evidências só para afirmar sua autonomia? Aliás, vejam bem, a redução dos juros é de 0,5 ponto percentual numa taxa que era de 12,5%, ou seja, vinte e cinco avos dessa taxa. Literalmente, trata-se de muito barulho por quase nada.



Por último, é claro que o anúncio do aumento do superávit primário em R$ 10 bilhões foi feito para acalmar o “mercado” em relação à diminuição dos juros, que já devia estar programada. Aquele aumento é perfumaria, até porque não provém de cortes, mas de aumento de receita, e é pequeno diante do aumento das despesas do governo com juros da dívida pública, que será de pelo menos R$ 30 bilhões neste ano em relação ao ano passado.