sábado, 9 de julho de 2011

Não fale, não conte detalhes, não satisfaça a curiosidade alheia. A imaginação dos outros já é difamatória que chegue.




Romance by Guel Arraes and Jroge Furtado

The Brazilian Endowment for the Arts Film Society will screen acclaimed Brazilian film, Romance, on July 14th, 2011. Written by Guel Arraes and Jorge Furtado, it stars Wagner Moura, Leticia Sabatella, Andrea Beltrão, José Wilker and Marco Nanini.  
   
Romance tells the story of Pedro (Wagner Moura), theater actor and director who falls in love with Ana (Leticia Sabatella), an actress in the play he is staging called "Tristan & Isolde". Backstage, the couple has to overcome the obstacles of a modern-day relationship: passion, jealousy, routine. The film asks "Is it possible to have a happy and reciprocal love?" Before they can reach a conclusion, Pedro and Ana will have their love stirred by her success thanks to the work of her manager Fernanda (Andrea Beltrão). This allows the entry of new man in Ana's life with whom she'll share not only screen time but her love."


Watch Trailer

NEXT EVENTS

July 21 - Film Screening                 

Film: DURVAL DISCOS 
Directed By Anna Muylaert       
With: Ary França, Etty Fraser, Marisa Orth, Leticia Sabatella, and Rita Lee


July 22 - TV Seminar                 

Seminar: OH! MINAS GERAIS    
With: Juliana Perdigão 
Terra De Minas - Globo TV

Seminar: BRAZIL FOOTBAL LAND
With: Odilon Amaral
Globoesporte Minas - Globo TV 


July 28 - Film Screening
               Cine Conversations
   
Film: LÉO E BIA
Directed by: Oswaldo Montenegro
With: Paloma Duarte, Françoise Forton and Emilio Dantas

EXCLUSIVE: Oswaldo Montenegro will talk live via Skype with the audience.

Special Thanks
Paula Lavigne, Guel Arraes, Jorge Furtado, Natasha Enterprises, Clarissa Lobo, Beatriz Viana
SPONSOR THIS EVENT
If you'd like to sponsor this event, or any other event hosted by the Brazilian Endowment for the Arts Film Society please call 212-371-1556 or click here to email us.




Investimento na produção goiana cresce 21% e chega a R$ 4,2 bilhões.

Os pequenos e médios produtores goianos têm R$ 4,228 bilhões à disposição para a safra 2011/2012. Os recursos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estão sendo financiados pelo Banco do Brasil desde o dia 1º e representam um salto de 20,76% em relação ao montante investido na safra passada.
Segundo o deputado federal Rubens Otoni (PT-GO), esse significativo aumento da verba destinada à produção prova que a presidenta Dilma Rousseff tem investido no setor agrícola. “É uma demonstração de que o Governo Federal, além do compromisso com a agricultura familiar, preocupa-se com o desenvolvimento da agropecuária como um todo no Brasil”.
O Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012 foi lançado no último dia 17 de junho por Dilma e pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi. O volume apresentado para todo o território nacional é de R$ 107,2 bilhões – um crescimento de 15% sobre a última safra.
Na segunda passada, 4, tendo como palco a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), representantes dos governos federal e estadual, do Banco do Brasil (BB) e de entidades do setor agropecuário assinaram um protocolo de intenções para investimento dos recursos no Estado.
Presente ao evento, o superintendente estadual do Banco do Brasil, João Batista Trindade, explicou que o Banco do Brasil disponibiliza linhas de financiamentos com juros inferiores aos da safra anterior. O objetivo, de acordo com ele, é expandir ainda mais as atividades agrícolas e pecuárias em Goiás. “Os resultados da safra passada nos deixam muito confiantes para averbar o ciclo que se inicia agora para os produtores”, afirmou.
Já para o superintendente federal do MAPA em Goiás, Helvécio Magalhães, a aplicação desses recursos no Estado irá dinamizar o comércio regional. “Goiás depende em 70% do agronegócio e essa ação visa à produção de alimentos”, disse, concluindo: “Deve aumentar a procura por crédito porque os juros estão vantajosos e os produtores, animados”.
O presidente da Faeg, José Mário Schreiner, e o vice-governador José Eliton (DEM) também assinaram o protocolo de intenções.
Governo Federal
No lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012, no dia 17 de junho, o ministro Wagner Rossi afirmou que a presidenta Dilma tem sido de uma solidariedade “extraordinária” com o setor produtivo. “Ela destinou, mesmo em tempos de contenção, um valor que é absolutamente adequado ao progresso da nossa agricultura e nossa pecuária”, avaliou. Rossi classificou o Banco do Brasil como “maior parceiro da agricultura brasileira” e adiantou que os produtores de soja terão o Seguro Agrícola Faturamento.
Na mesma ocasião, a presidenta Dilma Rousseff declarou que a agricultura brasileira é uma potência na área de produção de alimentos, estável porque soube manter boa relação com a indústria e especial porque nela convivem pequenos, médios e grandes produtores rurais. “Somos uma potência ambiental pela nossa capacidade de ter construído uma agricultura que, de todas, é a que menos tem reduzido florestas no mundo”, discursou.


Fonte: Rubens Otoni