quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

"Acho que você nunca se realiza, porque sempre quer mais. Mas de certa forma eu me sinto feliz pelo que Deus me proporciona..."



FOREST 11
I.R.E.O
Forest11 AMAZON 
Última Chance

…contagem regressiva para o acontecimento do Ano Mundial das Florestas…

Forest11 Live Aid Concert for the Amazon – October 2011
Última Chance

Forest1 – Concert pelaAmazônia.

Em sintonia com o compromisso das Nacões Unidas  pelo:
“2011 Ano Oficial das Florestas”

IREO, Instituto da Amazônia, Fundação Brasileira das Américas e seus associados, com o apoio integral da Prefeitura de Manaus 
estão unidos para a organização do estão unidos para a organização do“ Forest11”  

Live Aid Concert for the Amazon em Manaus, Brasil. 

Pela primeira vez um evento destinado a promover a conscientização e apoio incondicional aos programas de sustentabilidade pelo reflorestamento e preservação de uma das únicas florestas ainda “vivas “do mundo. 

O Motivo.

Os desmatamentos são responsáveis por quase 20% das emissões de carbono no mundo.
 Isso corresponde a mais do que todos os carros, aviões, navios, caminões e  aviões, navios, caminões e trens geram juntos.


As Florestas e outros sistemas biológicos são as únicas formas viáveis de removermos o CO2 de nossa atmosfera.


A AMAZÔNIA É O MAIOR CAMPO DE BATALHA ONDE PODEMOS  PODEMOS 
COMBATER O AQUECIMENTO GLOBAL

Mais um Motivo…

A Amazônia representa mais da metade da floresta ainda existente no planeta e engloba a maior e mais rica área de florestas troopicais do mundo.. 
Mas ainda assim continua a cair…
Estimativas contam com um número abusivo de quase 10 milhões de árvores por dia.

O Evento.
• O “Dia D”: 8 e 9 de Outubro de 2011
• Local:  Manaus, Brazil
• Audiencia:    400,000 ingressos
• Divulgação:  150+ países
• Talentos Internacionais:    7-10 estrelas internacionais
• Talentos Nacionais:    7-10 músicos Brasileiros • Talentos Nacionais:    7-10 músicos Brasileiros
• Transmissão:  mais de 1 bilhão de expectadores






"O pouco que aprendi carece de valor, comparado com o que ignoro e não
desespero em aprender." [ René Descartes ]