domingo, 31 de outubro de 2010

PSDB vence em Goiás !

Vitória emocionante do Partido Social Da Democracia Brasileira em Goiás (PSDB)




Marconi Perillo



O candidato Marconi Perillo (PSDB) venceu neste domingo (31) a disputa pelo governo de Goiás, obtendo 52,99% dos votos válidos no segundo turno das eleições. O ex-governador Iris Rezende (PMDB) ficou com 47,01% dos votos. Após obter 46,33% dos votos no primeiro turno, Perillo conseguiu se manter à frente do adversário, mesmo com os diversos conflitos entre as realizações de cada candidato no comando do Estado.

A trajetória política de Perillo começou no partido de seu principal adversário, Iris Rezende (PMDB). O tucano foi presidente do PMDB jovem duas vezes, quando também atuou como membro do diretório estadual. Perillo exerceu o cargo de assessor pessoal do governador Henrique Santillo entre 1987 e 1991 e deputado estadual entre 1991 e 1995.

Em 1992, Perillo filiou-se ao Partido Social Trabalhista (PST), onde permaneceu até 1993, quando o partido se uniu ao Partido Trabalhista Renovador e criou o Partido Progressista. Em 1994, foi eleito deputado federal pelo PP.

Atual governador eleito de Goiás, Perillo já exerceu o cargo em 1998, quando passou a fazer parte do PSDB, com apenas 35 anos. Na ocasião, foi considerado o governador mais jovem do Brasil e derrotou o seu atual adversário, Iris Rezende. Em 2006 concorreu ao Senado, e foi eleito com 75% dos votos.

Marconi venceu com a ajuda de Deus e do povo goiano.

Enfrentou Íris Rezende que contou com a ajuda do presidente Lula em sua campanha e lutou contra  seu ex-vice no governo do estado, Alcides Rodrigues , que foi eleito em em 2006 com o apoio do então governador, que naquela época entregou o cargo para Alcides em clima amigável antes das eleições estaduais.Vale lembrar que em Santa Helena, cidade natal de Alcides Rodrigues ,Marconi Perillo esteve em primeiro lugar com 66% dos votos válidos .
Agora, Alcides devolvolve a cadeira para o tucano, que é seu maior desafeto.


Energia renovável.


A energia renovável é aquela que é obtida de fontes naurais capazes de se regenerar,e, virtualmene inesgotáveis.Essas fontes são denominadas pelo Sol (energia solar), pelo Vento (energia eólica), Rios e Correntes de Água Doce (energia hidráulica), Mares e Oceanos (energia mareomotriz e energia das ondas, Matéria Orgânica (biomassa), Calor da Terra (energia geotérmica).

Tais energias renováveis são consideradas como energias alernativas ao modelo energético tradicional, tanto pela sua disponibilidade (presente e futura) garantida (diferente dos combustíveis fósseis que precisam de milhares de anos para sua formação), como pelo seu menor impacto ambiental.

Os Combustíveis Renováveis são combustíveis que usam como matéria-prima elementos renováveis para a natureza, como a cana-de-açúcar, utilizada na fabricação do álcool e também de vários outros vegetais como a mamona, utilizado na fabricação do biodisel ou outros óleos vegetais que podem ser usados diretamente em motores diesel com algumas adaptações.

Nem sempre uma forma de energia renovável possui um baixo impacto ambiental e social, como por exemplo, a Barragem das 3 Gargantas, recentemente finalizada na China e que provocou o deslocamento de milhões de pessoas e a inundação de muitos quilômetros quadrados de terras.

BENEFÍCIOS NA UTILIZAÇÃO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS

Segundo Wolfgang Palz no seu livro Energia Solar e Fontes Alternativas, a energia solar recebida pela terra a cada ano é dez vezes superior a contida em toda a reserva de combustíveis fósseis. Mas, atualmente a maior parte da energia utilizada pela humanidade provém de combustíveis fósseis - Petróleo, carvão mineral, xisto etc. A vida moderna tem sido movida a custa de recursos esgotáveis que levaram milhões de anos para se formar. O uso desses combustíveis em larga escala tem mudado substancialmente a composição da atmosfera e o balanço térmico do Planeta provocando o aquecimento global, degelo nos pólos, chuvas ácidas e envenenamento da atmosfera e todo meio-ambiente. As previsões dos efeitos decorrentes para um futuro próximo, são catastróficas. Alternativas como a energia nuclear, que eram apontadas como solução definitiva, já mostraram que só podem piorar a situação. Com certeza, ou buscamos soluções limpas e ambientalmente corretas ou seremos obrigados a mudar nossos hábitos e costumes de maneira traumática.

A utilização das energias renováveis em substituição aos combustíveis fósseis é uma direção viável e vantajosa. Pois, além de serem praticamente inesgotáveis, as energias renováveis podem apresentar impacto ambiental muito baixo ou quase nulo, sem afetar o balanço térmico ou composição atmosférica do planeta.

Graças aos diversos tipos de manifestação, disponibilidade de larga abrangência geográfica e variadas possibilidades de conversão, as renováveis são bastante próprias para geração distribuída e ou autônoma. O desenvolvimento das tecnologias para o aproveitamento das renováveis poderão beneficiar comunidades rurais e regiões afastadas bem como a produção agrícola através da autonomia energética e conseqüente melhoria global da qualidade de vida dos habitantes. Certamente diminuiria o êxodo rural e a má distribuição de renda, dos quais nosso país tem péssimos quadros. Infelizmente, o Brasil tem investido muito pouco no desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dessas fontes, das quais é um dos maiores detentores em nível mundial. Fica a pergunta: Até quando seremos "o país do futuro" se não investirmos nele?


Associações governamentais para investimentos já existem na ONU.


IREO: International Renewable Energy Organization

Essa associação foi criada para divulgar energias renováveis bem como, implementar projetos para as comunidades carentes,auxiliar governos nas suas necessidades de informações em energias renováveis e, também em implementação de projetos em energias renováveis setor privado ou ongs.

Enfim, promover, divulgar,auxiliar na implementação de leis e projetos sobre energias renováveis.

A intenção da IREO junto ao Governo Brasileiro é simplesmente um acordo que o governo assina sem nenhum compromisso financeiro. O único objetivo é obter para o Governo Brasileiro a validação da organização como uma organização intergovernamental baseado nas leis intergovernamentais, visto que o Brasil é o líder mundial de energias renováveis cobrindo energias produzidas pelo sol, vento, terra, água e reciclagem.

Países que o projeto já estão em andamento junto ao reconhecimento do IREO como uma organização intergovernamental:

República Dominicana, Haiti, Dominica, Jamaica, Honduras, Egito, Monte Negro, Niger

Maiores informações sobre a instituição: www.bfausa.org/

Segundo pesquisas, os investimentos anuais em energias renováveis vão chegar vão chegar a casa dos 100 bilhões de dólares até o final do ano, de acordo com relatórios divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O estudo não forneceu uma comparação geral com 2006, mas relatou investimentos em novas capacidades de geração de energia renovável, aumentaram para 66 bilhões de dólares em 2007, antes 55 bilhões em 2006 e 39 bilhões de dólares em 2005.

                                                                                                                                                             


 
 
 
"Deus me defende dos amigos, que dos inimigos me defendo eu".
Voltaire