terça-feira, 20 de abril de 2010

"Sim, eu acredito que Deus é como uma usina de força, que Ele é um podersupremo, que não é nem bom nem ruim, nem de direita nem de esquerda, nem branco nem preto. Ele simplesmente é." [ John Lennon ]



"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e näo tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e näo tivesse amor, nada seria.


E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e näo tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor näo é invejoso; o amor näo trata com leviandade, näo se ensoberbece.

Näo se porta com indecência, näo busca os seus interesses, näo se irrita, näo suspeita mal;

Näo folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca falha; mas havendo profecias, seräo aniquiladas; havendo línguas, cessaräo; havendo ciência, desaparecerá;

Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

Mas, quando vier o que é perfeito, entäo o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas entäo veremos face a face; agora conheço em parte, mas entäo conhecerei como também sou conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o AMOR." I Coríntios 13
 

A FGT com muito orgulho trás para Goiás o CNIP 05 deste ano no Brasil.




A oportunidade para termos um grande Torneio aberto está aí e não deixem de se inscrever em tempo no site da CBT.

A melhor premiação que poderíamos dar é a vaga na chave principal do Future de Rio Quente Resorts.

Fazer crescer o TÊNIS no Centro Oeste é a nossa missão, todos vamos ver a evolução nas quadras rápidas ( a designar até próxima sexta) de jovens e até de alguns menos jovens que gostam duma boa partida de tênis e porque não em Goiânia.

É um Torneio aberto, donde basta estar inscrito e com a anuidade em dia na sua Federação local e na CBT e completar 14 anos em 2010, o limite de idade máxima para o CNIP não existe, mas cuidado porque há moços a jogar muito bem com 15 anos e com 25 ou 30.

Vamos todos aguardar pela grande festa do Tênis do mês de Maio em Goiás - Começa por este CNIP a 4Maio, depois tem o 7º André Arantes em oito cidades esperando-se perto de mil atletas de 7 a 16 Maio, em simultâneo começa o FUTURE do Rio Quente Resorts, e teremos a inauguração da Tênis Clinic junto á Av . T - 63 com um G2 do Circuito Haikar Honda.

Entretanto em Bauru de 7 a 9 de Maio teremos a Copa Davis.

Reproduzimos abaixo a notícia colocada no site da FGT e da CBT hoje ás 17h00.

CNIP

Classificatório para Future de Rio Quente Resorts

É um Torneio do Campeonato Nacional de Incentivo ao Profissionalismo aberto a qualquer jogador desde que esteja inscrito devidamente em uma Federação e na CBT.

Inscrição – R$ 85,00 no site da CBT para maiores de 14 anos ( completados em 2010 )

Data do início – 4 de Maio término a 7 de Maio

Local – a indicar

Piso – Quadras rápidas.

Premiação – Campeão – um Wild Card para a Chave do Future de Rio Quente Resorts.

Aconselhável efetuar desde já o IPIN na ITF.

Camp. Nacional Incentivo Profissional CNIP 05

Grupo de Pontuação: G1

Cidade: GOIÂNIA - GO

Local: FEDERAÇÃO GOIANA DE TÊNIS

Telefone: (62)3274-3573

Árbitro: A DEFINIR

Valor: R$ 85,00

Outras informações

Categorias, Chaves & Datas

» Chave Masculina: 64

- Prev. Início: 04/05/2010

- Prev. Término: 07/05/2010

» Chave Feminina:

LOCAL DO TORNEIO: O local esta a DEFINIR


Premiação Campeão

Wild Card para a Chave Principal para o Future de Rio Quente Resorts

MAIORES INFORMAÇÕES SERÃO DIVULGADAS EM BREVE .


DIMAS FONSECA - DIRETOR GERAL DAS CATEGORIAS DE BASE DO CRUZEIRO
REAFIRMA PARCERIA COM ANÁPOLIS FUTEBOL CLUBE.

O diretor geral das categorias de base do Cruzeiro Esporte Clube, Dimas Fonseca, reafirmou a parceria com o Anápolis Futebol Clube na posse da nova diretoria em novembro de 2009 garantindo uma parceria duradora entre o Anápolis e o time mineiro.


Dimas , afirmou que a parceria continua ainda mais fortalecida embora tenha pouco tempo que foi iniciada.Uma vez que o Cruzeiro já teve oportunidade de enviar um observador técnico, o ex jogador Gilmar Francisco que veio selecionar três jogadores do Anápolis Futebol Clube, que já estão em Belo Horizonte participando dos treinamentos do Clube Mineiro.

Como representante do clube, Dimas afirma que este não é um momento importante só na história do Anápolis, mas também na do Cruzeiro, garantindo estar muito feliz e certo de que esta parceria têm tudo para dar certo.

Segundo Dimas, o Cruzeiro têm uma categoria de base de alto nível e sempre foi formador de grande valores, haja vista o grande número de atletas que o clube já ofereceu à seleção brasileira e que estão espalhados pelo mundo inteiro, jogando nos melhores times do mundo e que foram formados nas bases do Cruzeiro, confirmando ainda a valorização do Cruzeiro nas categorias de base, “ O Cruzeiro sempre prestigiou , os diretores executivos , os presidentes do clube sempre deram muito apoio para a categoria de base do Cruzeiro”(afirma Dimas).

Com a confirmação da parceria ,Dimas confirma que é possível que venha jogadores do time mineiro para o departamento profissional do Anápolis Futebol Clube para a divisão de acesso do Campeonato Goiano, uma vez que o campeonato será no segundo semestre do ano de 2010.

Dimas Gomes propôs ao presidente do Clube Gil Mendonça, que o Cruzeiro emprestasse para o Anápolis, o mesmo número de atletas que fossem encaminhados pelo Anápolis para Belo Horizonte na categoria de base. Consequentemente, o Cruzeiro trará para o Anápolis três jogadores para o profissional, possibilitando melhorias e ajudando o time goiano no campeonato.

Dimas Gomes – Diretor geral das categorias de base do Cruzeiro

Entrevista concedida ao cana 5 net/Anápolis na posse da nova diretoria
ASSISTA O VIDEO DA ENTREVISTA:
http://www.youtube.com/watch?v=5y2UIPfuqdo




Artigo 4. O Conselho Geral da I.R.E.O.



1. O Conselho Geral da I.R.E.O. (“CG”) deverá ser composto de Chefes de Estado e Governo ou seus representantes devidamente autorizados.



2. Deverá se reunir uma vez por ano convocado pelo Secretário Geral para deliberar sobre os assuntos na agenda, para revisar e ratificar o relatório anual apresentado pelo Secretário Geral.





3. O CG deverá ser presidido por um Presidente e Vice-Presidente eleitos a cada três anos e deverá deliberar por maioria simples onde cada estado membro possui um voto.







Artigo 5. Secretaria Geral



1. A SG deverá ser composta por um Secretário Geral, nomeado a cada cinco anos, que pode ser reeleito, e de membros da equipe, autoridades e consultores nomeados pelo Secretário Geral. O nome do primeiro Secretário Geral nomeado está indicado no anexo.



2. O SG é responsável pela administração da I.R.E.O. Internacional e I.R.E.O. Nacional e suas funções, entre outras, deverão ser:



a) Determinar as políticas comuns dos programas locais;

b) Receber, considerar e tomar decisões sobre novos programas e projetos;

c) Receber, considerar e tomar decisões sobre relatórios e recomendações de outros comitês;

d) Considerar novos parceiros para programas da I.R.E.O.;

e) Estabelecer novas comissões permanentes e específicas;

f) Monitorar a implementação de políticas e decisões da I.R.E.O. bem como assegurar a conformidade por todos os parceiros;

g) Adotar o orçamento da I.R.E.O.;

h) Fornecer diretrizes para as Missões sobre a administração e pagamento de projetos e programas locais;

i) Nomear e rescindir a nomeação de membros de outras comissões;

j) Preparar e apresentar relatório anual para o CG, que deverá ser preparado com a ajuda de todas as comissões e missões;

k) Consultar a Comissão Consultiva Permanente e Comissão Técnica Especializada antes de aprovar novos programas;

l) Abrir contas em bancos e especificar fundos para projetos, administrar as contas e desembolsar os fundos conforme apropriado.



A SG pode delegar qualquer de seus poderes e funções a qualquer órgão da I.R.E.O. ou a fornecedores independentes.

3. O Secretário Geral, autoridades e enviados da I.R.E.O. assim como seus assentos, delegações e propriedades possuem status diplomático nos Estados Membros participantes.

4. O SG deverá se reunir uma vez por mês ou tão freqüentemente quanto necessário e deverá estabelecer as suas regras de procedimento.


"Você diz 'Adeus' e eu digo 'Alô'." [ John Lennon ]