domingo, 31 de outubro de 2010

PSDB vence em Goiás !

Vitória emocionante do Partido Social Da Democracia Brasileira em Goiás (PSDB)




Marconi Perillo



O candidato Marconi Perillo (PSDB) venceu neste domingo (31) a disputa pelo governo de Goiás, obtendo 52,99% dos votos válidos no segundo turno das eleições. O ex-governador Iris Rezende (PMDB) ficou com 47,01% dos votos. Após obter 46,33% dos votos no primeiro turno, Perillo conseguiu se manter à frente do adversário, mesmo com os diversos conflitos entre as realizações de cada candidato no comando do Estado.

A trajetória política de Perillo começou no partido de seu principal adversário, Iris Rezende (PMDB). O tucano foi presidente do PMDB jovem duas vezes, quando também atuou como membro do diretório estadual. Perillo exerceu o cargo de assessor pessoal do governador Henrique Santillo entre 1987 e 1991 e deputado estadual entre 1991 e 1995.

Em 1992, Perillo filiou-se ao Partido Social Trabalhista (PST), onde permaneceu até 1993, quando o partido se uniu ao Partido Trabalhista Renovador e criou o Partido Progressista. Em 1994, foi eleito deputado federal pelo PP.

Atual governador eleito de Goiás, Perillo já exerceu o cargo em 1998, quando passou a fazer parte do PSDB, com apenas 35 anos. Na ocasião, foi considerado o governador mais jovem do Brasil e derrotou o seu atual adversário, Iris Rezende. Em 2006 concorreu ao Senado, e foi eleito com 75% dos votos.

Marconi venceu com a ajuda de Deus e do povo goiano.

Enfrentou Íris Rezende que contou com a ajuda do presidente Lula em sua campanha e lutou contra  seu ex-vice no governo do estado, Alcides Rodrigues , que foi eleito em em 2006 com o apoio do então governador, que naquela época entregou o cargo para Alcides em clima amigável antes das eleições estaduais.Vale lembrar que em Santa Helena, cidade natal de Alcides Rodrigues ,Marconi Perillo esteve em primeiro lugar com 66% dos votos válidos .
Agora, Alcides devolvolve a cadeira para o tucano, que é seu maior desafeto.


Energia renovável.


A energia renovável é aquela que é obtida de fontes naurais capazes de se regenerar,e, virtualmene inesgotáveis.Essas fontes são denominadas pelo Sol (energia solar), pelo Vento (energia eólica), Rios e Correntes de Água Doce (energia hidráulica), Mares e Oceanos (energia mareomotriz e energia das ondas, Matéria Orgânica (biomassa), Calor da Terra (energia geotérmica).

Tais energias renováveis são consideradas como energias alernativas ao modelo energético tradicional, tanto pela sua disponibilidade (presente e futura) garantida (diferente dos combustíveis fósseis que precisam de milhares de anos para sua formação), como pelo seu menor impacto ambiental.

Os Combustíveis Renováveis são combustíveis que usam como matéria-prima elementos renováveis para a natureza, como a cana-de-açúcar, utilizada na fabricação do álcool e também de vários outros vegetais como a mamona, utilizado na fabricação do biodisel ou outros óleos vegetais que podem ser usados diretamente em motores diesel com algumas adaptações.

Nem sempre uma forma de energia renovável possui um baixo impacto ambiental e social, como por exemplo, a Barragem das 3 Gargantas, recentemente finalizada na China e que provocou o deslocamento de milhões de pessoas e a inundação de muitos quilômetros quadrados de terras.

BENEFÍCIOS NA UTILIZAÇÃO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS

Segundo Wolfgang Palz no seu livro Energia Solar e Fontes Alternativas, a energia solar recebida pela terra a cada ano é dez vezes superior a contida em toda a reserva de combustíveis fósseis. Mas, atualmente a maior parte da energia utilizada pela humanidade provém de combustíveis fósseis - Petróleo, carvão mineral, xisto etc. A vida moderna tem sido movida a custa de recursos esgotáveis que levaram milhões de anos para se formar. O uso desses combustíveis em larga escala tem mudado substancialmente a composição da atmosfera e o balanço térmico do Planeta provocando o aquecimento global, degelo nos pólos, chuvas ácidas e envenenamento da atmosfera e todo meio-ambiente. As previsões dos efeitos decorrentes para um futuro próximo, são catastróficas. Alternativas como a energia nuclear, que eram apontadas como solução definitiva, já mostraram que só podem piorar a situação. Com certeza, ou buscamos soluções limpas e ambientalmente corretas ou seremos obrigados a mudar nossos hábitos e costumes de maneira traumática.

A utilização das energias renováveis em substituição aos combustíveis fósseis é uma direção viável e vantajosa. Pois, além de serem praticamente inesgotáveis, as energias renováveis podem apresentar impacto ambiental muito baixo ou quase nulo, sem afetar o balanço térmico ou composição atmosférica do planeta.

Graças aos diversos tipos de manifestação, disponibilidade de larga abrangência geográfica e variadas possibilidades de conversão, as renováveis são bastante próprias para geração distribuída e ou autônoma. O desenvolvimento das tecnologias para o aproveitamento das renováveis poderão beneficiar comunidades rurais e regiões afastadas bem como a produção agrícola através da autonomia energética e conseqüente melhoria global da qualidade de vida dos habitantes. Certamente diminuiria o êxodo rural e a má distribuição de renda, dos quais nosso país tem péssimos quadros. Infelizmente, o Brasil tem investido muito pouco no desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dessas fontes, das quais é um dos maiores detentores em nível mundial. Fica a pergunta: Até quando seremos "o país do futuro" se não investirmos nele?


Associações governamentais para investimentos já existem na ONU.


IREO: International Renewable Energy Organization

Essa associação foi criada para divulgar energias renováveis bem como, implementar projetos para as comunidades carentes,auxiliar governos nas suas necessidades de informações em energias renováveis e, também em implementação de projetos em energias renováveis setor privado ou ongs.

Enfim, promover, divulgar,auxiliar na implementação de leis e projetos sobre energias renováveis.

A intenção da IREO junto ao Governo Brasileiro é simplesmente um acordo que o governo assina sem nenhum compromisso financeiro. O único objetivo é obter para o Governo Brasileiro a validação da organização como uma organização intergovernamental baseado nas leis intergovernamentais, visto que o Brasil é o líder mundial de energias renováveis cobrindo energias produzidas pelo sol, vento, terra, água e reciclagem.

Países que o projeto já estão em andamento junto ao reconhecimento do IREO como uma organização intergovernamental:

República Dominicana, Haiti, Dominica, Jamaica, Honduras, Egito, Monte Negro, Niger

Maiores informações sobre a instituição: www.bfausa.org/

Segundo pesquisas, os investimentos anuais em energias renováveis vão chegar vão chegar a casa dos 100 bilhões de dólares até o final do ano, de acordo com relatórios divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O estudo não forneceu uma comparação geral com 2006, mas relatou investimentos em novas capacidades de geração de energia renovável, aumentaram para 66 bilhões de dólares em 2007, antes 55 bilhões em 2006 e 39 bilhões de dólares em 2005.

                                                                                                                                                             


 
 
 
"Deus me defende dos amigos, que dos inimigos me defendo eu".
Voltaire





quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Quem dá importância às pequenas coisas é mulher de japonês...


 Se você quiser conhecer o programa de governo que ajudou a elaborar, vá à rede social http://www.propostaserra.com.br/ e veja o resultado final do nosso trabalho, que mira a construção de um novo País e o fortalecimento da democracia brasileira.






As a Senior Advisor to the President, I spend a lot of time talking to President Obama about the issues that affect all Americans.


But tomorrow I want to try something a little different. I’m hosting a live chat with Americans from around the country to answer questions about the economy, health care, energy, education or really whatever is on your mind.


http://www.whitehouse.gov/blog/2010/10/22/tuesday-talks-david-axelrod?utm_source=email82&utm_medium=image&utm_campaign=tuesdaytalk

I’ve been in the White House with President Obama from Day One, and I know how important it is to the President to understand the concerns of the American people. That’s why he travels around the country meeting with families and small businesses and reads ten of your letters every day. And it’s why we do regular online discussions like Tuesday Talks and Open for Questions.


Over the past few weeks, Austan Goolsbee, Chairman of the Council of Economic Advisers, and Elizabeth Warren, who is leading the effort to get the Consumer Financial Protection Bureau off the ground, have taken some time to answer your questions. Now it’s my turn.


David Axelrod

Senior Advisor to the President




Olhar crítico de Ozires Silva nas eleições de 2010





                         Em quem votar? - Ozires Silva*





"Acordei hoje com um pensamento fixo: "Preciso escolher meu candidato à Presidência da República." Mas, votar em quem??? O primeiro pensamento foi: NÃO VOTAREI NA DILMA!!! Mas por quê? Seria por causa do Lula?

Quando lembro-me do Lula, tenho uma certa aversão, mas aí vem o pensamento: "Como posso ter aversão a um presidente que na última pesquisa teve 81,7% de aprovação pelo povo brasileiro? (Fonte: "Jornal A Folha de São Paulo"). Comecei a imaginar que o problema está em mim e não no Presidente Lula".

Pensei até que esta aversão poderia ser pela lembrança de minha adolescência quando via as reportagens de um Lula, um pouco "descabelado" sobre um caminhão ou palanque, com uma grande barba negra, gritando...

E como comecei a pensar no passado, resolvi analisar parte da história, onde grandes países que também passavam por grandes desigualdades, fomes e crises, elegeram um presidente de partidos populares, vindo normalmente do povo sofrido.

Iniciei analisando a grande potência do início do século XX, a Rússia. Em fevereiro de 1917, na Revolução Russa, houve a queda da autocracia do Czar Nicolau, o último Czar a governar, e procuraram estabelecer em seu lugar uma república de cunho liberal. Já em novembro de 1917, houve a Revolução de Outubro, na qual o Partido Bolchevique, liderado por Bu Abuláh, derrubou o governo provisório e impôs o governo socialista soviético.

Os Bolcheviques eram considerados a maioria, que pretendiam a implantação definitiva do socialismo na Rússia através de reformas radicais com o apoio do proletariado. Este grupo era formado por uma facção do Partido Operário Social-Democrata Russo liderada por Vladimir Lenin.

As primeiras medidas tomadas pelo novo governo foram a reforma agrária(com a distribuição de terras aos camponeses), a nacionalização dos bancos e fábricas, (sendo que a direção destas últimas foi entregue aos operários) e a saída da guerra.

Ao retirar-se do conflito, a Rússia assinou com a Alemanha a Paz de Brest-Litovsk, entregando aos alemães algumas regiões russas. Nesta tomada do poder, Lenin tinha uma popularidade positiva de 89% e assim ele fundou e implantou o Comunismo na Rússia e exportou para outras nações posteriormente, como Cuba, China e Coréia do Norte (fonte: Os Bolcheviques - Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre).


Continuando na história chegamos a década de 30.

Olhando para outro país que passava por crises, principalmente por ter perdido uma guerra (1ª guerra mundial), a Alemanha vê um homem, vindo do povo e com apoio de um partido popular, um grande líder. É pouco provável que algum dirigente político do século 20 tenha igualado o grau de popularidade alcançado por Adolf Hitler (1889-1945) na Alemanha, nos dez anos que se seguiram a sua chegada ao poder, em 30 de janeiro de 1933.

O apoio da população ao Partido Nazista era tímido se comparado à veneração dos alemães por seu líder máximo, que tinha 92% de popularidade enquanto governava a Alemanha (fonte: "Livro Hitler, 1889-1936, e Hitler, 1936-1945, Ian Kershaw, W.W. Norton, 1998 e 2000"). O culto ao mito exerceu um papel determinante no funcionamento do Terceiro Reich e na aterradora dinâmica do nazismo.

Adorado pelo povo, adulado por seus subordinados e temido no resto da Europa, Hitler entrou para a História como a encarnação da barbárie, o artífice do Holocausto, o símbolo de um dos regimes mais horrendos já conhecidos da humanidade.

Na mesma época, outra nação passava por insatisfação com os resultados do final da 1ª guerra mundial, crescente insatisfação popular por alto índice de inflação, empobrecimento do povo, desemprego e fome. Então surge do meio do povo um líder, vindo da guerra e com um partido com objetivo de ter um governo forte e autoritário. Benito Mussolini, junto com seu partido, o Partido Nacional Fascista. No poder, Mussolini alcançou da popularidade de 77% na Itália (fonte: Benito Mussolini - Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre).

Bem, sou apaixonado por História, pois aprendi que quem não conhece História não é capaz de construir um grande futuro, e nós temos que sempre analisar todos os pontos possíveis quando nos propusermos a tomar uma decisão importante como votar para presidente da república.
Cheguei à conclusão de que minha aversão ao Lula tem fundamento, baseado no modo autoritário de governar. Em uma entrevista, quando ele é punido pelo STE por fazer campanha antes do tempo para sua candidata, afirma que não concorda em obedecer a juízes. Mostrando em sua fala que é contra a democracia.


E analisando nossos candidatos, não creio que temos muitas escolhas, infelizmente, mas creio que posso contribuir para que o Brasil não seja, no futuro próximo, mais um país governado por alguém eleito pelo povo humilde, que coloca suas esperanças nas mãos de alguém que promete muito, sem condições de cumprir nem 10%. E minha preocupação aumenta, quando vejo que a segurança do povo, a maior instância do poder judiciário, pode ter sua credibilidade contestada.


Estou falando o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, que é composto por juízes elevados ao posto de ministros. Esses ministros são indicados pelo Presidente da República e se forem aprovados pelo Congresso, assumem uma cadeira no lugar de quem se aposenta ou morre.

Dos 11, temos uma indicação ainda do Sarney, uma do Fernando Collor de Melo e duas do Fernando Henrique Cardoso e SETE do Presidente Lula.O Supremo Tribunal Federal (STF) é a mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil e acumula competências típicas de Suprema Corte e Tribunal Constitucional.

Sua função institucional principal é de servir como guardião da Constituição Federal.Mais quatro anos no poder, sendo o guia de uma mulher que parece uma marionete, podemos ter um STF totalmente indicado por eles e os nossos olhos e voz, nos jornais não comprometidos com o governo, poderão ser fechados e calados, como está atualmente o jornal O Estado de São Paulo e Diário do Grande ABC que, por ordem do STF, não podem falar de nenhum aliado do governo.Lula olha para Dilma nos palanques e aponta o dedo dizendo: CONTINUIDADE!

CONTINUIDADE! A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff afirmou, em seu primeiro comício em Minas Gerais ao lado do presidente Lula, que vai fazer de seu governo uma continuação da atual gestão).

Continuidade da política da fome, onde ele pegou a idéia do governo anterior, a chamada Bolsa Escola, que concedia às famílias uma ajuda por enviar o filho a escola, tirando a criança do analfabetismo e suprindo assim a necessidade do seu trabalho infantil, e a transformou na Bolsa Família, que dá o dinheiro, independente da criança frequentar a escola. Assim, o pai recebe e ainda obriga o filho a trabalhar, não educando as crianças e aceitando as migalhas lançadas pelo governo.


Continuidade da ânsia pelo poder, mesmo fazendo alianças com grandes inimigos como Sarney, Renan Calheiros, Fernando Collor de Melo, como relatou o Jornal Nacional 09/08/2010.

Um país sem Educação, não pode ter senso crítico e ter condições de analisar o que é melhor para todos. Sem educação, você não conseguiria ler esta matéria, seu mundo seria reduzido.

Sem educação, você viveria com uma mísera bolsa família e pediria para todos seus amigos e familiares votarem em quem lhe proporciona essa esmola.Em quem vou votar??? Meu voto é secreto e não divulgarei, mas posso afirmar, NÃO VOTAREI NA DILMA!!!


Osires Silva* ex-Ministro e Fundador da EMBRAER



Solar Systems - Photovoltaic System



I.R.E.O is adopting the Photovoltaic system. Photovoltaic panels generate electricity through the use of solar energy. Modular Photovoltaic panels can be easily applied on existing structures powering building’s electrical systems, including lights, cooling systems, and offices equipments.

The system costs are reduced when it uses the building’s support structure.

Amorphous Si panels provides net positive energy 30% faster than competitors Multi-Crystalline cells.




Reciclagem


A reciclagem é umas das alternativas para o tratamento do lixo urbano e contribui diretamente para a conservação do meio ambiente. Ela trata o lixo como matéria-prima que é reaproveitada para fazer novos produtos e traz benefícios para todos, como a diminuição da quantidade de lixo enviada para aterros sanitários, a diminuição da extração de recursos naturais, a melhoria da limpeza da cidade e o aumento da conscientização dos cidadãos a respeito do destino do lixo.


Existem diversas tecnologias disponíveis para a reciclagem das embalagens da Tetra Pak. A reciclagem das fibras e do plástico/alumínio que compõem a embalagem começa nas fábricas de papel, em um equipamento chamado "hidrapulper", semelhante a um liquidificador gigante.






"Casamento é a única instituição onde se conquista a liberdade por mau comportamento? "





 

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

"And the dreams that you dreamed of Dreams really do come true ..."

Lula almeja ser secretário-geral da ONU

Veja a matéria:Lula deseja ser Secretário Geral da ONU
Palestinos querem Lula como Secretário Geral da ONU





Discurso do Presidente Lula na ONU



Water Decontamination, RJ Brazil




The Rodrigo de Freitas Lake in the city of Rio de Janeiro, Brazil is suffering from severe water pollution;

Fishes are dying affecting communities and fishermen;

The water from the lake flows into some of the most famous beaches in Rio, Ipanema Beach, polluting the once pristine water;

I.R.E.O. is now bringing a fast and effective solution to this problem, Clear Blue 104;

Clear Blue 104 maintains copper levels in a high concentration of hydrogen ions, providing a precise

control of bacteria and algae growth without over treatment;

The solution applied directly to the contaminated water shows testable improvement within 45 minutes;

It restores the PH level and eliminates fecal coliform



Aquecimento Global por Arnaldo Jabor





As a mother, I can only imagine how devastating it would be to lose a child. So I was shocked and saddened when I heard that several young people had taken their own lives recently after being bullied for being gay -- or because people thought they were gay.

No one should ever feel so hopeless or tormented that they take their own life. Bullying of any kind, for any reason, is unacceptable. As adults, it's our responsibility to create a safe environment for our children. That includes setting an example of respect for one another -- no matter our differences.

That's why I’m writing to you today. In the wake of these terrible tragedies, thousands of Americans have come together to share messages of encouragement and hope with LGBT youth across our country who might be having a hard time in school or in their communities. And I wanted to share with you the video that Barack recorded to join his voice with all those who have told their own personal stories:

http://www.youtube.com/watch?v=geyAFbSDPVk&feature=player_embedded

Middle school and high school can be tough for any kid. But it can be especially wrenching if you’re taunted or harassed by your peers, if you are made to feel worthless or alone because you don’t look or act like everybody else. And if you’re in that situation, it can be hard to imagine that things will ever change. But they will.


If you've been bullied, you need to know that this is not your fault. There are adults -- whether in your family, your school or your community -- who can help. Most importantly, you need to know how special and valuable your life is not just to your family and friends but to the entire country. You truly have a bright future ahead of you.

If you’re a parent worried about your child being bullied, or a young person who’s being bullied by their peers and aren't sure where to turn, you can learn more here:http://www.whitehouse.gov/ItGetsBetter

Sincerely,


Michelle Obama


First Lady of the United States

( newsletter received by the American government)



Serra e Cooperativismo

O cooperativismo estimula a união das pessoas e promove a PAZ. É o que defende Xico Graziano, em artigo sobre as propostas de José Serra para esse setor:

"O maior compromisso de José Serra: estabelecer a definição legal que regulamenta o Artigo 171 da Constituição Federal, instituindo a Lei Básica do Cooperativismo. José Serra se compromete a promover uma revisão dos tributos que incidem sobre as cooperativas, estimulando o associativismo como forma de construção de uma economia solidária e justa, capaz de favorecer os pequenos empresários do campo e da cidade."
Leia íntegra em proposta Serra

Gabriel O Pensador...


Gabriel O Pensador- Pão de cada dia, outros videos, (Pátria que me pariu...)
Mto bom!!!

             Ariel Publicity & Cyber


                                                                      Contact Us


Ariel Publicity & Cyber PR

389 12th Street

Brooklyn, NY 11215

http://www.facebook.com/cyberpr



10 Perguntas e Respostas sobre Pensão Alimentícia.






"Nosso destino muda com nosso pensamento; nós nos tornaremos o que nós desejamos nos tornar, faremos o que nós desejamos fazer, quando nosso pensamento habitual corresponde com nosso desejo."
                                     ( Orison S. Marden )




Meu Senhor, por favor

Vem ouvir minha prece

Só tem a paz quem merece

Só tem amor quem tem fé...
(Quem é Ela?Zeca Pagodinho e Dudu Nobre)













quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O que é Sustentabilidade Ambiental?


If you watch TV, open a newspaper or read news online, you probably hear a lot of back and forth every day about the economy and its impact on the job market.

It can be tough to filter out the noise and get a clear understanding of what’s really going on. I thought it would be helpful to take a look at where our economy has been over the past three years and what President Obama and his Administration have done to help dig us out of the pretty massive hole we were in when he first came into office.

So, we’ve put together this short video.




Here’s the bottom line: when President Obama came into office in January of 2009, we were in the middle of the worst economic crisis this country has seen since the Great Depression. Through the Recovery Act, tax credits for working families and small businesses, and investments in the industries of the future, we are getting back on the right track. We went from losing nearly 800,000 jobs in a single month as the President came into office to our ninth straight month of private sector job growth last month.

We still have a lot of work to do. Times are still tough for millions of Americans who are out of work, and we’re not going to rest until those folks can find a job.

If you have questions about what’s happening with our economy or about what this Administration is doing to turn it around, I’m happy to answer them.

http://www.whitehouse.gov/tuesday-talk




"Muita gente  pergunta: "Pôxa, quando vocês vão publicar a Proposta Serra?" Nós optamos por não fazer isso até agora. A alternativa foi: o Serra está fazendo as propostas. Ela não foi publicada ainda num texto único, porque exatamente essa colaboração ia matar isso. Se você publica um mês atrás, como é que nós continuaríamos o nosso trabalho? Vocês, participantes, foram andando por conta própria, mas nós fomos acompanhando as discussões e isso ajudava a minha equipe a sinalizar para a área de comunicação, para a área de campanha, o que estava acontecendo. De tal forma que nós aproveitamos demais as propostas feitas aqui. Eu quero valorizar, agradecer, e dizer que nós vamos continuar. O Serra vai vencer as eleições e, talvez com outro nome de... Governo Serra, por exemplo, a plataforma vai continuar aberta para essa participação lá no Governo. Isso significa radicalizar a democracia. Utilizar os instrumentos modernos para superar a democracia tradicional e encontrar novas formas de participação política das pessoas."

http://www.propostaserra.com.br/

Fonte proposta Serra



Jornalista denuncia censura e pede demissão .

O jornalista Paulo Beringhs, apresentador de um programa  na TV Brasil Central --mantida pelo governo de Goiás--, declarou que estava sendo censurado pelo governador Alcides Rodrigues (PP).A mando de Jorcelino Braga (Iris Rezende), a TBC que é emissora do Estado de Goiás, decidiu censurar o Jornalista Paulo Beringhs, impedindo-o de levar o candidato do PSDB Marconi Perillo ao seu programa.

E bom lembrar que o espaço foi aberto também para o candidato Iris Rezende, que recusou a sua ida ao programa.
"Se você levar o Marconi ao seu programa, seu programa não irá ao ar", palavras da diretoria da Agecom (Agência Goiana de Comunicação), comandada pelo Alcides Rodrigues.
 A declaração foi feita ao vivo, durante a transmissão do Jornal "Brasil Central", na noite de quarta-feira (20/10).



                                 
                  ------------------------------------------------




O que é  Sustentabilidade Ambiental?

Uma pergunta assalta e perturba muitos cidadãos conscientes, autoridades preocupadas com a situação do meio ambiente e as organizações que militam na área: Como garantir a sustentabilidade ambiental nas grandes cidades?


A resposta a essa pergunta atinge um caráter de urgência quando percebemos claramente os sinais de degradação e constatamos que o planeta sente, como nunca, o impacto do peso da vida humana e das ações predatórias longamente praticadas por nós. Manter as bases da economia e o estilo de vida das populações urbanas nos níveis atuais; onde o consumismo desenfreado e o descarte de grandes quantidades de materiais tóxicos e lixo é praticamente a ordem reinante e a lógica por trás de quaisquer ações humanas. Cedo ou tarde, os impactos desse modo de vida se tornarão irreversíveis e populações inteiras sentirão a mão pesada da natureza sobre suas vidas. Vencer as resistências locais e as políticas tradicionalmente aceitas como verdades absolutas; é a missão do novo pensamento que deve se espalhar e dominar as mentes e os corações dos “novos políticos” e do “novo cidadão”.


A grande realidade; é que para garantir a sustentabilidade ambiental nas grandes cidades, devemos praticamente abandonar o modo de vida que experimentamos até hoje e criar devida consciência nas massas e na classe dirigente de que a exploração desenfreada do meio ambiente só levará a destruição do planeta. Num sistema insustentável de produção, os recursos naturais planetários seriam exauridos muito rapidamente e proporcionariam problemas gravíssimos que seriam sentidos com um impacto devastados nos grandes aglomerados urbanos.


Fazer com que a aplicação de políticas garantidoras da sustentabilidade ambiental nas grandes cidades, representa uma realidade em que se leva em consideração à capacidade de reposição que o planeta tem de seus recursos e, ao mesmo tempo, manter medidas que permitam uma maior justiça social. As mudanças que já foram sentidas devem ser estimuladas e seus reflexos plenamente positivos em uma escala pequena; devem servir de exemplo para que nações e governos menores comecem a implementá-las e a sentir seus reflexos cada vez mais intensamente. Conseguir alterar as relações de consumo e educar a população para o real significado das políticas de conservação do meio ambiente pode ser a única forma de garantir a sustentabilidade ambiental de forma efetiva e com resultados em médio e longo prazo.


Fazer com que nossas populações questionem o seu modo de vida e fazê-las entender que se os recursos do planeta não tiverem “a oportunidade” de renovarem-se e de sustentarem-se sob a pressão de uma demanda constante de consumo exacerbado, a vida no planeta como a conhecemos acabará de forma dramática e somente através desse processo de conscientização poderemos garantir a sustentabilidade ambiental. O colapso das grandes cidades e os conflitos sociais e entre países serão inevitáveis e de proporções apocalípticas. Sendo os “vitoriosos” sobreviventes herdeiros de uma terra exaurida e devastada; incapaz de sustentar a vida e inútil para qualquer um de nós; ricos ou pobres.


Um dado estatístico pode colaborar muito bem essas relações problemáticas e perigosas entre populações urbanas e recursos naturais. Basta saber que para sustentar apenas um quarto da população mundial que habita nos países ricos, são necessários três quartos de todos os recursos naturais do planeta. Por essa simples constatação; pode-se perceber claramente que será impossível fornecer os recursos necessários para que todos os seres humanos possam atingir um padrão de vida razoável no ritmo de consumo atual. Somente com o desenvolvimento sustentável será possível garantir a sustentabilidade ambiental e com isso podermos reverter nossa atual situação. Pense nisso.

 


Links: http://www.ecologiaurbana.com.br/sustentabilidade/a-sustentabilidade-e-o-principio-dos-rs/
Como Garantir a Sustentabilidade Ambiental?
http://www.ecologiaurbana.com.br/sustentabilidade/o-que-e-sustentabilidade/
http://www.ecologiaurbana.com.br/sustentabilidade/como-aplicar-a-sustentabilidade-em-casa/
http://www.ecologiaurbana.com.br/sustentabilidade/sustentabilidade-interesses-grandes-corporacoes/

Fonte: Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Pensão Alimenticia:
Veja o link:
http://papodehomem.com.br/execuo-de-penso-alimentcia-tudo-que-voc-precisa-saber/

 "Toda a doutrina social que visa destruir a família é má, e para mais inaplicável. Quando se decompõe uma sociedade, o que se acha como resíduo final não é o indivíduo mas sim a família." ( Victor Hugo )




sábado, 16 de outubro de 2010

"A insensatez é sem dúvida irmã da malvadeza." (Sófocles)

"O SENHOR disse:  - O sábio não deve se orgulhar da sua sabedoria, nem o forte, da sua força, nem o rico, da sua riqueza.

 Se alguém quiser se orgulhar, que se orgulhe de me conhecer e de me entender; porque eu, o SENHOR, sou Deus de amor e faço o que é justo e direito no mundo. Estas são as coisas que me agradam. Eu, o SENHOR, estou falando."Jeremias 9 V.23 e24




Todos os caminhos levam a Deus? Cuidado com este grande engano. Na Bíblia Sagrada fica bem claro que quando o povo vivia servindo a outros deuses, como nos dias de hoje servem a muitos deuses, e muitos vêem Deus como se Ele fosse somente perdão, perdão... e não vêem que Ele também é justiça e fogo consumidor, este é o Deus Verdadeiro. Deus nos deixou a Bíblia como o manual do construtor, assim como desde um simples brinquedo ao avião tem seu manual, a Bíblia prova tudo o que ela fala. A Palavra diz que Deus soprou o barro e deu vida; a ciência hoje acredita que a Bíblia é real pelo fato de ter feito análise do barro (terra) e ter constatado a mesma composição do corpo humano, ou seja, cálcio, ferro, etc,etc..Nós precisamos comer algo plantado na terra (barro) para repor o desgaste do corpo humano. Deus levantou um povo através de Abraão e disse “Abraão você consegue contar as estrelas do céu?” e ele respondeu “Não” e disse Deus “e nem conseguirá contar a sua descendência”(Gen.15:5); É por isso que se diz Deus de Abraão , Isaque e Jacó, porque Deus fez de Abraão um povo vencedor e próspero, para mostrar que quem serve este Deus jamais será derrotado, desde que cumpra suas leis. E nesta descendência está também Moisés, Josué, Davi e outros. Deus levantou Moisés para tirar o seu povo que já era escravo no Egito, no reinado do Faraó; através de Moisés foram feitos tantos milagres: as pragas dos gafanhotos, das rãs, do rio que converteu em sangue e do cajado (vara) de Arão que se transformou em serpente; veja os magos que serviam ao Faraó também fizeram as suas varas converterem em serpentes, mas quero lembrar que a serpente do cajado (vara) de Arão engoliu rapidamente as serpentes dos magos, isto mais uma vez confirma que a obra do inimigo (diabo) não prevalece (Ex.7:12); Deus sempre está nos mostrando que nada prevalece sobre as obras D’Ele. Veja você que o povo por sua desobediência ficou quarenta anos no deserto, quando era uma viagem que deveria ser de poucos dias, onde tantos milagres foram feitos e eles não se preocupavam com a verdade. Deus mandava maná, as roupas e sapatos cresciam no corpo, tantas coisas impossíveis aos olhos do homem aconteciam e o povo não queria nem saber. Enquanto Moisés ficou quarenta dias e quarenta noites no monte Sinai orando e falando com Deus (Êx. 19), o povo estava em tremenda orgia, servindo a outros deuses e Deus falou para Moisés “...deixa-me, que o meu furor se acenda contra eles, e os consuma: e eu farei de ti uma grande nação”(Êx. 32,10:12) e Moisés suplicou ao Senhor seu Deus, dizendo que os egípcios iriam dizer que tiramos o povo do Egito para matar no deserto (Êx. 32,12), mas mesmo assim mataram três mil homens (Êx. 32,28). Deus tinha compromisso com a aliança que fez com Abraão, mas desde que o povo, descendente de Abraão servisse corretamente a Ele. Até hoje as promessas de Deus são cumpridas, os israelitas são os mais ricos do mundo, sem ter petróleo, porque se tivessem diriam que a riqueza veio do petróleo (Deus faz tudo do nada); e quando Moisés pensava que estava sem saída entre o mar e as montanhas, Deus abriu o mar e seu povo passou em terra seca, veja bem, em terra seca, já pensou? Josué perdeu uma guerra, porque Acã foi desobediente (Js.7, 1:26) quando obedeciam eram invencíveis (Js. 6:2/ 8:1). A maior mentira que existe é que todos os caminhos levam a Deus, é preciso ver onde estes caminhos estão levando. A Deus todos vão, mas para o julgamento; pergunto e depois: para onde você vai? Cuidado, procure conhecer a Deus de verdade, se você ainda não conhece; fale com Ele, Deus sabe até o que você está pensando. Se Deus é o mesmo porque Moisés e Josué ganhavam a guerra matando tanta gente? O povo que perdia a guerra servia a que deus? O Deus verdadeiro não divide sua glória com ninguém, tudo é pouco para a capacidade D’Ele. Na Bíblia diz que todas as nações significam para Ele uma gota num balde, como um grão de poeira na balança o que não altera nada na balança e não significa nada dentro do balde (Is. 40:15). Deus nos fez semelhança e nos deu o melhor que Ele tem ser livre, como Ele, e seria possível você gostar de alguém a força? E que alguém gostasse de você a força, também tenho certeza que não e te pergunto: por que Deus iria gostar? Veja bem, enquanto é tempo, a vida aqui na terra é muito rápida, nos lembramos de coisas de muitos anos passados como se fosse ontem. O cérebro humano que usamos no máximo 10% foi suficiente para fazer um satélite que pesquisa o sub solo do mundo todo para saber onde tem petróleo, ouro e outros minérios. Porque se duvida da capacidade do Deus verdadeiro. Temos que lembrar que se morrêssemos agora a pessoa que mais nos ama não suportaria ficar perto de nós trinta horas, sendo a recíproca verdadeira, também não suportaríamos pelo mau cheiro. O que somos nesta vida? Pare e pense no futuro, que é a eternidade. A vida não termina com a morte como muitos pensam, é ali que ela está começando e tudo será diferente (1 Co 15: 51,52) Porque se vivêssemos duzentos anos aqui na terra, na eternidade significaria o que? Um grão de areia no deserto! Conheça qual dos dois caminhos a seguir, quero lembrar que será um só (céu ou inferno), não pense que vai ficar com o pé em duas canoas como aqui na terra, pensando que pode servir a tantos deuses. Fechando os olhos, nem o dinheiro do mundo te ressuscitará aqui na terra e poderá mudar a opção que você fez através das suas ações e pensamentos, porque o homem está ordenado a morrer uma só vez vindo depois o juízo (Hb 9: 27), depois de morto não existe oração, reza, nada que você possa imaginar mudará o caminho que você escolheu. E os que não tem ninguém para orar, rezar por eles, como ficariam? Injustiçados por Deus, tenho certeza que Deus é justiça e Ele não comete injustiça. Deus nos fez criatura e só tornamos Filho na obediência, isto é bem claro!! Se você não tem compromisso com Deus, porque Ele vai ter com você? Assim diz o Senhor: Não se orgulhe o sábio na sua sabedoria, nem se orgulhe o forte na sua força, nem se orgulhe o rico nas suas riquezas. “Mas o que se orgulhar, orgulhe-se nisto, em me conhecer e saber que eu sou DEUS, que pratico a justiça e o juízo na terra destas coisas me agrado diz o Senhor” (Jeremias 9: 23,24). Você é especial para DEUS porque antes de você existir ELE teve que olhar para todos os que já havia feito e fazê-lo diferente de todos, como prova disso olhe para sua impressão digital: NUNCA EXISTIU E NEM EXISTIRÁ

Fonte: http://www.missaolibertar.com.br/php-bin/agenda2-in/textofull.php


_______________________________________

Presidência da República-Subchefia para Assuntos Jurídicos

Sérgio Augusto J. Barreto


mestre em Nutrição Humana Aplicada (FCF/FEA/FSP-USP)


1. INTRODUÇÃO



O ordenamento jurídico nacional consagra o direito aos alimentos, entendidos estes em uma concepção ampla, abrangendo tudo quanto é necessário para satisfazer as necessidades humanas, ou seja, não apenas o necessário para a alimentação mas também ao vestuário, moradia, saúde etc. "Alimentos são, pois, as prestações devidas, feitas para que quem as receba possa subsistir, isto é, manter sua existência, realizar o direito à vida, tanto física (sustentação do corpo), como a intelectual e moral (cultivo e educação do espírito, do ser racional)." (1).



Na legislação brasileira, este direito está consagrado no Código Civil, que, em seus artigos 396 a 405, prevê a possibilidade de os parentes exigirem alimentos uns dos outros. E a lei 5.478 de 25.7.68 regula o procedimento da ação de alimentos para os casos em que já há prova documental do parentesco.



A clareza da legislação neste aspecto torna indiscutível o direito de os filhos menores pleitearem que seus pais lhes prestem alimentos, caso não estejam cumprindo esta obrigação, quer por tê-los abandonado ou por outra razão qualquer. Os pais têm a obrigação legal de sustentar os filhos menores, e estes têm o direito de serem mantidos pelos pais até que possam fazê-lo por seus próprios meios. É sobre esse embasamento teórico que se estabelece o direito dos filhos menores reclamarem o pagamento de pensões alimentícias a seus pais.



Este é um direito de tal importância que o não pagamento da pensão alimentícia devida por força de decisão judicial gera a mais grave conseqüência em matéria civil, que é a prisão do devedor inadimplente. É uma das poucas exceções à regra de que a privação da liberdade pela prisão só pode ocorrer em virtude de cometimento de crime. A prisão pelo não pagamento de pensão judicial está autorizada pela própria Constituição, em seu artigo 5º, inciso LXVII. Esta grave conseqüência é plenamente justificada em face do bem jurídico protegido, que no caso é a sobrevivência digna de seres humanos incapazes de prover o próprio sustento.



Os pedidos de alimentos efetuados por filhos menores a seus pais assume importância ainda maior ao se verificar a elevada freqüência com que ocorrem na realidade. Os processos envolvendo pensão alimentícia figuram, seguramente, entre os mais numerosos no Poder Judiciário de todo o país.



Não obstante as inúmeras causas submetidas a julgamento, um dos problemas de mais difícil solução nas questões de alimentos ainda não têm tido uma solução satisfatória: a correta fixação do valor da pensão.



A lei determina que os alimentos sejam fixados "na proporção das necessidades do reclamante e dos recursos da pessoa obrigada" (art. 400 do Código Civil). Este dispositivo consagra os dois critérios fundamentais utilizados para determinar o valor da pensão, quais sejam:



necessidades do "reclamante" (aquele que promove a ação, também denominado de "alimentário" ou "alimentado", isto é, aquele que recebe ou pretende receber a pensão);

as possibilidades do "reclamado" (aquele contra quem a ação é promovida, também denominado de "alimentante", ou seja, aquele que deve pagar a pensão).

Portanto, cabe ao Juiz responsável pelo julgamento do caso, após avaliar as provas produzidas durante o processo, fixar o valor considerando este binômio necessidade/possibilidade, determinando, assim, o quantum que parecer mais justo em cada caso concreto.



Como se pode observar, os critérios estabelecidos pela lei, embora justos, não são precisos na medida em que, de um lado, as necessidades, entendidas amplamente para incorporar não apenas as prerrogativas biológicas, mas também as demais necessidades fundamentais, dependem de fatores culturais, geográficos e do próprio status sócio-econômico da família. De outro, as condições financeiras do reclamado são de difícil mensuração. Em termos práticos, as principais dificuldades enfrentadas pelo Juiz para decidir o valor da pensão são as seguintes:



conhecimento preciso das possibilidades do alimentante. Sendo este um dos critérios legais, seria preciso conhecer a renda média do reclamado, à medida que em muitos casos pode haver ganhos variáveis e sujeitos a oscilações periódicas;



dificuldade do alimentário provar o exato valor dos ganhos do alimentante. Trata-se de outra questão complexa. Inúmeras vezes a composição da renda do alimentante inclui itens de difícil comprovação, dada a natureza da atividade exercida;



conhecimento das reais necessidades do alimentário. Aquele que recebe a pensão, dela necessita para suprir as necessidades fundamentais de sua vida, bem como outras associadas ao seu nível cultural e sócio-econômico. Determinar com precisão quais são essas necessidades e além disso valorá-las é uma tarefa de difícil execução.



No que tange às duas primeiras dificuldades, excetuando-se os casos em que o alimentante tem salário fixo, nas demais situações utilizam-se métodos indiretos para se obter elementos que permitam avaliar as possibilidades do reclamado, como o depoimento de testemunhas, a verificação do padrão de vida por meio da análise de dados relativos a cartões de crédito, movimentação de conta bancária etc. No que diz respeito à terceira, valores vêm sendo utilizados empiricamente com base em dados pouco sistemáticos e não suficientemente adequados.



Na grande maioria dos casos a fixação do valor da pensão alimentícia torna-se assim um problema difícil, envolvendo questões de ordem ética e econômica (2), com implicações importantes para as partes envolvidas e que vem sendo resolvido basicamente pelo bom senso da Justiça, dada a falta de elementos objetivos que permitam trazer maior segurança às decisões.


Veja a íntegra: Pensão alimentícia - criterios para estabelecer o valor aos filhos

"'Ê gente...a lei existe, muito justa e muito bem elaborada.
Mas, infelizmente, nem sempre é cumprida."

____________________________________


O Você de Mim



Le Toi Du Moi (tradução)



Carla Bruni



Eu sou a sua coroa

Você é o meu rosto

Você, o meu umbigo

E eu, o seu gelo

Você é a vontade, e eu, o gesto

Você é o limão, e eu, o sabor

Eu sou o chá, você é a xícara

Você, a guitarra, e eu, o baixo



Eu sou a chuva, e você é minhas gotas

Você é o sim, e eu, a dúvida

Você é o bouquet, e eu sou as flores

Você é a aorta, e eu, o coração

Você, você é o instante, e eu, a felicidade

Você é o copo, eu sou o vinho

Você, você é a grama, e eu, o baseado

Você é o vento, eu sou o vendaval

Você, a raquete, e eu, a bola

Você é o brinquedo, e eu, a criança

Você é o velhote, e eu, o tempo

Eu sou a íris, você é a pupila

Eu sou o tempero, você, a papila

Você, a água que vem, e eu, a boca

Você, o nascer do sol, e eu, o céu que adormece

Você é o padre, e eu, a embriaguez

Você é a mentira, e eu, a preguiça

Você é o leopardo, e eu, a velocidade

Você é a mão, e eu, a carícia

Eu sou o inferno da sua pecadora

Você é o céu, e eu, a terra, hum

Eu sou a orelha da sua música

Eu sou o sol de seus trópicos

Eu sou o tabaco do seu charuto

Você é o prazer, e eu, o raio

Você é a escala, e eu, a nota

Você é a chama, e eu, o fósforo

Você é o calor, eu sou a preguiça

Você é o entorpecimento, e eu, o cochilo

Você é o frescor, e eu, o aguaceiro

Você é as nádegas, eu sou a cadeira

Você é bemol, e eu sou sustenido



Você é o Laurel do meu Hardy

Você é o prazer do meu suspiro

Você é o bigode do meu Trotsky

Você é todos os estalos da minha risada

Você é a melodia da minha sirene

Você é o sangue, e eu, a veia

Você é o jamais do meu sempre

Você é o meu amor, você é o meu amor



Eu sou a sua coroa

Você, o meu rosto

Você, o meu umbigo

E eu, o seu gelo

Você é a vontade, e eu, o gesto

Você é o limão, e eu, o sabor

Eu sou o chá, você é a xícara

Você, a prostituta, e eu, o bordel

Você é o túmulo, e eu, o epitáfio

E você o texto, eu sou o parágrafo

Você é o erro, e eu, a gafe

Você é a elegância, e eu, a graça

Você é o efeito, e eu, a causa

Você é o divã, e eu, a neurose

Você é o espinho, eu sou a rosa

Você é a tristeza, eu sou o poeta

Você é a bela, eu sou a fera

Você é o corpo, eu sou a cabeça

Você é o corpo, hum

Você é a seriedade, eu sou a despreocupação

Você, o guarda, e eu, a balança

Você, o mau-caráter, e eu, a forca

Você é o tédio, e eu, o transe

Você, o muito pouco, e eu, o bastante

Eu, o sábio, e você, o idiota

Você é o raio, e eu, a pólvora

Você é a palha, e eu, a viga

Você é meu superego

Você é Charybde, e eu, Scylla

Você é a mãe, e eu, a dúvida

Você é o nada, e eu, o tudo

Você é a melodia da minha sirene

Você, você é o sangue da minha veia

Você é o jamais do meu sempre

Você é o meu amor, você é o meu amor
 

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

As pessoas acham que estou sozinho. Eu amo minha vida. Não desistiria dela por nada nem ninguém. Eu a consegui. É o que sempre quis".


Voto religioso evitou vitória de candidata do PT no 1º turno


14/10/2010 - 17:59 (Ricardo Noblat)


Pesquisa Ibope aponta que o efeito da religião na decisão do voto deve ser limitado no segundo turno da eleição José Roberto Toledo

A pesquisa Ibope confirma que o voto religioso teve papel decisivo para evitar a vitória de Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno, mas o efeito religião parece ser limitado nesta nova fase da campanha. A maioria dos eleitores sensíveis a essas questões já trocou de candidato.

Segundo o Ibope, Dilma teve o voto de metade dos católicos, mas de pouco mais de um terço dos evangélicos. Nesse segmento, ela empatou com José Serra (PSDB). Entre eles, Marina Silva (PV) foi melhor, chegando a um quarto dos votos.

A queda de Dilma na véspera do primeiro turno começou entre os evangélicos e depois se estendeu aos católicos. O principal motivo foi a campanha, em templos e igrejas, contra o voto nela por causa da legalização do aborto, defendida pelo PT. Segundo o Ibope, 80% dos eleitores são contra a mudança da lei.

Agora, a intenção de voto em Dilma se estabilizou tanto entre evangélicos quanto entre católicos, quando se compara com a pesquisa feita na véspera do primeiro turno: ela continua com 41% entre os primeiros, e foi de 50% para 52% entre os outros.

Mas há uma diferença fundamental: agora só restam dois candidatos. Para onde foram os eleitores religiosos de Marina Silva (PV)? Migraram, na proporção de dois para um, para Serra. Como consequência, ele cresceu em todos os segmentos religiosos, mas principalmente entre os evangélicos.

O tucano tem hoje 41% dos eleitores católicos, contra os 29% de antes do primeiro turno. Nesse segmento, que representa 61% do eleitorado nacional, ele ainda tem 11 pontos porcentuais a menos do que Dilma.

Entre os evangélicos, Serra dobrou e virou: tem agora 52% (tinha 25%), ou seja, 11 pontos porcentuais a mais do que a petista. Esse segmento é responsável por 1 em cada 5 eleitores.


Mas nem todos os eleitores de Marina são evangélicos ou católicos. Há 22% de ateus, agnósticos e de eleitores que professam outra religião. Esses racharam: partes iguais migraram para Serra e Dilma, mas ainda restam 20% de sem-candidato (indecisos e os que pretendem anular ou votar em branco).

A disputa pelo voto desses eleitores agnósticos, ateus e adeptos do espiritismo e outras religiões é a mais apertada. Dilma recuperou-se e chegou agora a 47%, contra 41% de Serra.

Para a conta da intenção de voto total fechar, é preciso levar em conta os eleitores que dizem ter votado em Dilma e Serra no primeiro turno e que, pelo menos por enquanto, trocaram de candidato. O saldo é ligeiramente favorável ao tucano.

Dos eleitores da petista no primeiro turno, 7% pularam agora para Serra. E, dos eleitores do tucano, 5% saltaram para o barco de Dilma. Isso ajuda a explicar a diminuição da diferença entre os dois candidatos.

Só eleitores evangélicos afirmam ter acatado orientação de um líder religioso para não votar em um dos candidatos (no caso, em Dilma). Dos que seguem a orientação dos pastores, não sobrou nenhum que ainda pretenda votar na petista.

2º ibope, José Serra herda votos de Marina



"Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos.

A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo afora.


Lembraria os erros que foram cometidos, como sinais para que não mais se repetissem.


A capacidade de escolher novos rumos.


Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que é indispensável:


além do pão, o trabalho e a ação.


E, quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria, se pudesse, um segredo.


O de buscar no interior de si mesmo a resposta para encontrar a saída." 
( Mahatma Ghandi)




 "Não peço riquezas nem esperanças, nem amor, nem um amigo que me compreenda.
   Tudo o que eu peço é um céu sobre mim e  um caminho a meus pés."  (Stevenson)

                               

Calma, pessoal, claro que o amor existe, nem eu sou um masoquista de livro, mas a marca do sublime, o momento em que o impossível parece possível, quando o impalpável fica compreensível, esse instante se repetiu no futuro por minha vida, levando-me para um trem-fantasma de alegrias e dores.


Amar é parecido com sofrer - Luís Melodia escreveu, não foi? Machado de Assis toca nisso na súbita consciência do amor entre Bentinho e Capitu:

"Todo eu era olhos e coração, um coração que desta vez ia sair, com certeza, pela boca."

Isso: felicidade e medo, a sensação de tocar por instantes um mistério sempre movente, como um fotograma que pára por um instante e logo se move na continuação do filme. Sempre senti isso em cada visão de ALGUÉM que amei: um rosto se erguendo da areia da praia, ALGUÉM fingindo não me ver... São momentos em que a "máquina da vida" parece se explicar, como se fosse uma lembrança do futuro, como se eu me lembrasse ali, do que iria viver.

Esses frêmitos de amor acontecem quando o "eu" cessa, por brevíssimos instantes, e deixamos o outro ser o que é em sua total solidão. Vemos um gesto frágil, um cabelo molhado, um rosto dormindo, e isso desperta em nós uma espécie de "compaixão" pelo nosso próprio desamparo, entrevisto no outro.

A cultura americana está criando um "desencantamento" insuportável na vida social. Vejam a arte tratada como algo desnecessário, sem lugar, vejam as mulheres nuas amontoadas na internet. Andamos com fome de beleza em tudo, na vida, na política, no sexo; por isso, o amor é uma ilusão sem a qual não podemos viver. Todas essas tênues considerações, essas lembranças de lembranças, essa tentativa de capturar lampejos tão antigos, com risco de ser piegas, tudo isso me veio à cabeça pela emoção de me ver subitamente numa música, parceiro de Rita Lee, "lovely Rita", a mais completa tradução de São Paulo, essa cidade cheia de famintos de amor.

Amigos lindos...

terça-feira, 12 de outubro de 2010

PROPOSTA SERRA

   Eleições Presidenciais 2010
       
                 A eleição presidencial corre a ferro e fogo.



Se analisarmos o governo do Lula nesses últimos oito anos, foi um governo positivo, funcional.

Mas , Dilma não é o Lula. Embora tenha experiência administrativa do governo ,não possui a imagem admirada do presidente Lula, que é reconhecida por políticos internacionalmente.

Eu acredito que oito anos de gestão do PT, chegou a hora da mudança!

De um lado Dilma acusa o adversário que sua mulher a chamou de assassina de criancinhas, do outro, que o governo de PT foi o governo que mais privatizou empresas!

Não gosto da política que para um sobressair têm que rebaixar o outro!

Serra, é intelectualmente, espiritualmente , mais preparado.

O Brasil precisa de uma política limpa,sem agressões e acusações!

Vote consciente!






Marconi Perillo 45 - Governador de Goiás



Marconi Perillo blog



Veja os links : Política do Brasil
Anexo:Lista de eleições presidenciais no Brasil


_______________________________

Linda canção...




Hoje é dia das crianças!!! Obrigada papai do céu pelas minhas criancinhas!!!!
Mamãe Sula/1979


O heroísmo pode salvar um povo em circunstâncias difíceis; mas é apenas a acumulação diária de pequenas virtudes que determina a sua grandeza." Gustave Le Bon )





sexta-feira, 8 de outubro de 2010

"Não devemos servir de exemplo a ninguém. Mas podemos servir de lição." (Mário de Andrade)

                   A atuação do Brasil junto à ONU


O Brasil participa dos processos de tomada de decisão e do trabalho da Organização das Nações Unidas principalmente por meio de suas delegações permanentes em Nova York e Genebra.


A função das delegações é representar o Brasil nas negociações da ONU e avançar as posições brasileiras sobre os grandes temas da agenda internacional.

Na sede da ONU, em Nova York, o Brasil mantém a Missão Permanente junto às Nações Unidas, chefiada desde 2007 pela Embaixadora Maria Luiza Viotti. Em Genebra, a Delegação Permanente é chefiada desde 2008 pela Embaixadora Maria Nazareth Farani Azevedo. O quadro de Serviço Exterior é formado por diplomatas, oficiais de chancelaria e assistentes de chancelaria brasileiros.


A Missão em Nova York é responsável pela participação do Brasil nas reuniões de vários órgãos e comitês, em especial os chamados órgãos principais da ONU – Assembleia Geral, Conselho Econômico e Social e o Conselho de Segurança, onde o Brasil ocupa, periodicamente, um assento não-permanente.


O Brasil no Conselho de Segurança





Esta é a décima vez que o Brasil ocupa assento não-permanente no Conselho de Segurança (CSNU), cargo para o qual foi eleito pela Assembleia Geral para o mandato 2010-2011. Brasil e Japão são os dois países que mais vezes ocuparam assento eletivo no CSNU.


Conforme a Carta das Nações Unidas, o CSNU tem a responsabilidade primária pela paz e segurança internacionais. Um dos instrumentos de que se vale o CSNU para cumprir sua função é o estabelecimento de operações de manutenção da paz. Na atualidade, há 16 operações de manutenção da paz ativas em todo o mundo.

O Brasil participa, no momento, de nove dessas operações, com cerca de 2.200 militares e policiais.

A participação brasileira na Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH) é o principal envolvimento do Brasil em operações de manutenção da paz. O Brasil é o maior contribuinte de tropas para essa Missão. De 2004 a fevereiro de 2010, o Brasil manteve contingente de 1200 militares, com rotação semestral. Após o terremoto, passou a manter contingente de 2.100 militares no terreno. Desde o início da participação brasileira até hoje, mais de 13 mil militares brasileiros tiveram experiência no Haiti. O comando militar de todos os 8.609 militares que compõem a MINUSTAH, provenientes de 19 países, é exercido por generais brasileiros desde 2004.




Desde 1948, o Brasil participou de mais de 30 operações de manutenção da paz, tendo cedido um total de mais de 24.000 homens. Integrou operações na África (entre outras, no Congo, Angola, Moçambique, Libéria, Uganda, Sudão), na América Latina e Caribe (El Salvador, Nicarágua, Guatemala, Haiti), na Ásia (Camboja, Timor-Leste) e na Europa (Chipre, Croácia). Embora tenha enviado militares e policiais em diversos casos, apenas a cinco operações o Brasil cedeu tropas, isto é, unidades militares formadas: Suez (UNEF I), Angola (UNAVEM III), Moçambique (ONUMOZ), Timor-Leste (UNTAET/UNMISET) e Haiti (MINUSTAH).


Fonte: Ministério das Relações Exteriores do Brasil.




O Brasil e a Reforma do Conselho de Segurança


O Conselho de Segurança necessita de reformas urgentes para ampliar sua legitimidade e reforçar sua autoridade. Tais reformas inserem-se no contexto mais abrangente da reforma das instituições de governança global. O Conselho deve ser renovado para incluir novos membros permanentes e não-permanentes, especialmente dos países em desenvolvimento, de modo a refletir as profundas transformações enfrentadas pela ordem internacional desde 1945.



Um Conselho de Segurança mais representativo contribuirá de forma mais eficaz para uma ordem mundial mais justa e segura. Ao incluir novos atores, seu processo decisório será mais legítimo e poderá contribuir com mais vigor para a resolução dos conflitos e das crises que afligem o mundo.

A aspiração brasileira por um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas decorre da percepção de que os países em desenvolvimento devem ter um papel no Conselho à altura de sua importância política e econômica e de que o Brasil possui as credenciais e a capacidade necessária para contribuir de forma contínua para a manutenção da paz e segurança internacionais.

O pleito brasileiro tem o apoio de numerosos Estados e organizações internacionais, incluindo membros permanentes do Conselho e a maioria dos países da América Latina e Caribe.

Em 2004, Brasil, Alemanha, Índia e Japão (G-4) uniram esforços em favor de uma reforma que permitisse o Conselho de Segurança refletir a realidade internacional do século XXI e torná-lo mais representativo, legítimo e eficaz, por meio da criação de novos assentos permanentes e não-permanentes e a participação dos países em desenvolvimento em ambas categorias. O G-4 elaborou proposta pela qual seriam criados seis novos membros permanentes (os quatro países do Grupo, mais dois países africanos), além de quatro novos membros não-permanentes, o que resultaria em um Conselho de Segurança com 25 membros, por oposição aos 15 atuais. O Brasil vem cooperando estreitamente com outros Estados a fim de levar a questão da reforma do Conselho de Segurança a uma decisão assim que possível.


Maria Luiza Ribeiro Viotti, atual Representante Permanente do Brasil junto às Nações Unidas, na foto com o Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon. Foto: ONU/Evan Schneider.

No biênio 2010-2011, o Brasil integra o Conselho de Segurança, na condição de membro não-permanente. Por ocasião da mais recente eleição para as vagas rotativas do Conselho, em outubro de 2009, o Brasil recebeu os votos de 182 dos 183 países votantes. O País foi eleito para o assento pela décima vez, o que constitui recorde igualado somente pelo Japão.


Fonte: Ministério das Relações Exteriores do Brasil.



A participação do Brasil no Conselho de Segurança



Leia, abaixo, trechos de alguns dos discursos proferidos pelo Brasil no Conselho de Segurança que mostram a posição do País sobre os diversos assuntos da agenda do órgão da ONU responsável por manter a paz e a segurança internacionais.


Todos os discursos, na íntegra, podem ser encontrados, em inglês, no site da Missão Permanente do Brasil junto às Nações Unidas, clicando aqui.



                 
 
                  

 
 
"A primeira e mais nobre lição que os pais podem ensinar aos filhos é fé e coragem." (Smiley Blanton)